Polêmicas

Após acidente, taxista quer entrar na justiça contra Klebber Toledo

O ator Klebber Toledo.(Foto: Reprodução)

O acidente envolvendo o ator Klebber Toledo, um taxista e uma empregada doméstica ainda está rendendo. No início da semana o jornalista Leo Dias trouxe toda a história à tona, fazendo a assessoria de comunicação do ator abafar o caso e entrar em um acordo com Rose, a moça atropelada.

Glória Maria explica o que a fez ser multada em aeroporto do Rio de Janeiro

O caso: Klebber estaria dirigindo em alta velocidade quando bateu na traseira de um táxi, após não conseguir brecar. Com o impacto, o taxista acabou atropelando uma moça que estava fora da faixa de pedestres, causando alguns ferimentos nela.

Agora é Barnabé Oliveira, o rapaz que dirigia o táxi, que quer um acordo com o namorado de Camila Queiroz. “Na hora chegaram dois amigos dele e o tiraram de lá. Nem o BRAT (Boletim de Registro de Acidentes de Trânsito) ele fez. Uma secretária dele pegou meu número e nunca me ligou. Já tentei entrar em contato, mas sempre dizem que ele está viajando. Estou sem carro e, consequentemente, sem trabalhar desde o acidente. Não quero ter que ir à Justiça. Queria um acordo com o Klebber para ressarcir o meu prejuízo”, disse Barnabé ao jornalista Leo Dias.

A assessoria de comunicação de Klebber ainda não comentou o assunto.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DE KLEBBER TOLEDO:

“Klebber Toledo esclarece que diferentemente do que chegou à imprensa o ator não é o responsável pelo atropelamento de Rose. Klebber afirma que a história não condiz com a realidade dos fatos. Rose atravessava fora da faixa de pedestres no momento do acidente e foi atingida por um táxi. O carro do ator seguia em faixa paralela a do taxista e foi cortado por ele, colidindo em sua traseira em baixa velocidade. Klebber prestou socorro à vítima atingida pelo táxi e tentou tranquiliza-la até a chegada da emergência. O ator disponibilizou seus números de contato a todos os envolvidos e procurou o hospital para saber informações sobre o estado de saúde de Rose, já que o celular dela não funcionava. Nestes dois meses após o ocorrido, Klebber não teve mais notícias dela. O ator afirma também que por livre vontade custeará o tratamento de Rose, já que o taxista não assumiu suas responsabilidades para com a vítima”.


Curta o TV Foco no Facebook!