Celebridades

Cleo Pires relembra a infância e revela situação inusitada

Cleo Pires no "Lady Night" (Foto: Reprodução)
Cleo Pires no “Lady Night” (Foto: Reprodução)

A atriz Cleo Pires foi uma das convidadas para participar do “Lady Night”, programa exibido no Multishow e comandado por Tatá Werneck.

Cleo, que sempre dá o que falar quando comenta sobre sexo, revelou uma prática inusitada que fazia na sua infância: “Eu botava o Ken e a Barbie para transar e as meninas achavam estranho. Os meninos achavam legal”. Na escola, era brava. “Meu apelido era Mike Tyson. Eu brigava pelos outros, não por mim. Não podia mexer com ninguém que eu gostasse”, revelou ela.

+Sophie Charlotte e Daniel de Oliveira se mudam e vão morar fora do Brasil

A artista fez grandes revelações e teve que responder um questionário sobre sexo feito por Tatá. Sexo a três? Sexo a quatro? Sexo no telhado de um prédio? Sexo no camarim dos estúdios da Globo? Nessa última pergunta, Cleo ficou calada e apenas sorriu, o que levantou diversos comentários na internet e sorrisos da plateia.

CLEO PIRES DESISTIU DE SER FREIRA

A atriz Cleo Pires, conhecida por não ter papas na língua e falar o que pensa, fez mais uma revelação “bombástica” sobre seu passado e chocou os internautas.

Em vídeo publicado em seu canal no Youtube, Cleo listou uma com curiosidades sobre sua vida. Uma delas é que a atriz chupou dedo até a fase adulta.  “Até os 20 anos”.

No vídeo, Cleo também revelou que não gostava de ser mulher e queria ser um homem. “Negro e jogador de basquete. Só comecei a gostar de ser mulher depois dos 30. Mas eu sempre mantenho meu tomboy ‘inside’ (‘dentro de mim’, em português)”.

Curta o TV Foco no Facebook!

PUBLICIDADE

Comentários recentes