Celebridades

Em palco de show, cantor Emicida ironiza racismo de William Waack

Emicida (Foto: Divulgação)

O vídeo vazado do jornalista William Waack, no qual ele faz declarações racistas contra negros, continua dando o que falar. Na ocasião, ele falou que “isso é coisa de preto”, referindo-se à baderna que acontecia nos bastidores de uma transmissão.

Após ter sido afastado do Jornal da Globo pela emissora, ele continua sendo criticado nas redes sociais, por parte dos internautas e do meio artístico. A mais nova declaração que ele recebeu partiu do cantor Emicida, que forma um trio com Capicua e Rael.

Em uma apresentação dos rappers no no MIMO Festival, que aconteceu no último final de semana no Rio, Emicida mandou o seu recado. “Aí, William Waack, isso aqui é coisa de preto”, disparou ele, sendo ovacionado pela plateia.

DECISÃO DA GLOBO

Diante da polêmica envolvendo o nome de Waack, a Globo já decidiu o que fazer: ele permanecerá fora do ar. Porém, ele continua contratado, e a definição sobre o seu futuro só será tomada em 2018, quando o assunto “esfriar” na memória do público.

Seu futuro, por hora, segue sendo incerto a partir de 2018, mas até lá, ele ficará em casa, recebendo normalmente seu salário. Até lá, a emissora analisa as possibilidades para encontrar a melhor maneira de resolver essa situação, deixando satisfatória para as duas partes.

Polêmica! Boa parte do público acha exagero afastamento de William Waack da Globo

Os comentários pegaram mal para a imagem de ambos, mas ele tem boas relações com a direção. Isso poderá fazer com que ele volte a ser correspondente internacional, após um período fora da TV. Seu retorno imediato poderia ser prejudicial.


Curta o TV Foco no Facebook!