A Força do Querer Novelas

Eugênio descobre informante de Irene e toma atitude drástica em “A Força do Querer”

Mira como secretária em “A Força do Querer” (Foto: Reprodução)

Após muito tempo sendo espionado em seu próprio escritório, o personagem Eugênio (Dan Stulbach), finalmente, descobrirá a informante de Irene (Débora Falabella) na novela “A Força do Querer”. Nos próximos capítulos, Dantas (Edson Celulari) descobre que Mira (Maria Clara Spinelli) é amiga e informante da bandida e decide contar tudo para ele.

A personagem tentará se defender, afirmando que ajudou a amiga por vê-la sofrendo, apaixonada pelo advogado. No entanto, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, ele não pensará duas vezes ao tomar uma atitude drástica: demitir a secretaria. As cenas estão previstas para irem ao ar a partir do dia 7 de setembro.

Nesse periodo, Joyce (Maria Fernanda Cândido) já terá retomado o casamento com ele e flagra as comparsas juntas em um restaurante. Elas tentarão disfarçar, fingindo que não são amigas, mas a madame ficará com a pulga atrás da orelha e conta tudo para Dantas, que liga os pontos e confirma as suas suspeitas.

Ele vai tirar satisfações com Mira, que não conseguirá esconder o nervosismo diante da situação. Ele exige que ela lhe entregue seu celular para esperar por uma ligação de Irene e comprovar sua relação, e é isso que ele consegue. Ao ligar para Mira, a psicopata ouve a voz de Dantas, que contará toda a verdade para o amigo.

“Aquela secretária, a Mira. Descobri tudo, Eugênio! Informante da Irene! Amiga da Irene! Manda essa mulher embora! Essa mulher é um perigo ali dentro daquele escritório! Está monitorando você, passando todas as informações para a outra! Ela é um perigo!”, dirá ele, e ao confrontar a secretaria, Eugênio fica perplexo.

Irene (Débora Falabella) em cena de "A Força do Querer" (Foto: Divulgação/Globo)
Irene (Débora Falabella) em cena de “A Força do Querer”
(Foto: Divulgação/Globo)

“Eu estava procurando emprego, ela me disse que doutor Caio (Rodrigo Lombardi) estava procurando secretária. Mas não quis falar com vocês pessoalmente, pra não parecer que estava se aproveitando da amizade”, explica ela. “Preocupações éticas. E a aproximação com a Joyce? Também foi uma armação?”, ele pergunta. “Ela estava apaixonada pelo senhor! Nunca tinha visto a Irene assim por ninguém. Ficava me pressionando, querendo provocar encontros por acaso. Eu ficava com pena, eu via o que ela estava sofrendo, o quanto ela está sofrendo”, responde.

No entanto, nada vai adiantar e ela será demitida.

Curta o TV Foco no Facebook!

PUBLICIDADE

Comentários recentes