Globo Séries

Executada em 2015, série “Dois Irmãos” teve gravações em Manaus por 15 dias com equipe reduzida

Zana (Juliana Paes) e Halim (Antonio Calloni) em cena de 'Dois Irmãos' (Foto: Globo/Divulgação)
Zana (Juliana Paes) e Halim (Antonio Calloni) em cena de ‘Dois Irmãos’
(Foto: Globo/Divulgação)

Além das gravações na cidade cenográfica construída nos Estúdios Globo, a equipe de ‘Dois Irmãos’ passou 15 dias, entre janeiro e fevereiro de 2015, filmando externas em Manaus, na cidade de Itacoatiara e nas praias do Rio Negro. Dois caminhões contendo maquiagem, figurino e equipamentos chegaram de barco à Amazônia. Apesar de soar como uma superprodução, as gravações aconteceram quase em caráter documental.

Com uma equipe reduzida e o mínimo de equipamentos possível, o diretor Luiz Fernando Carvalho partiu do essencial para captar o contraste entre os detalhes íntimos da relação de uma família e a exuberância que a própria natureza lhe oferecia. O registro naturalista exigiu a adaptação às condições climáticas imprevisíveis da floresta, com sol, chuva e calor.

Para dar conta da temperatura elevada, uma embarcação foi equipada para servir como ponto de apoio da equipe. Nela, o elenco fazia as trocas de figurino e se alimentava com um cardápio elaborado a partir da culinária típica local: peixes de água doce como o tambaqui na brasa e farinha de uarini, por exemplo, fizeram sucesso. Além disso, mais de 40 quilos de frutas frescas e 30 litros de suco de graviola e cupuaçu eram servidos diariamente nos intervalos de gravação para amenizar o calor.

Durante a estadia em Manaus, as margens do Rio Negro, o maior rio de águas escuras do mundo, eram percorridas diariamente. A equipe da série embarcava a partir do hotel nas lanchas voadeiras até as praias banhadas pelo Rio Negro, como a Praia do Iluminado e a Praia do Japonês.

Na Praia do Japonês, a 50 minutos de Manaus, foi feita uma viagem a meados dos anos 1940, para representar a sequência em que Omar (Lorenzo Enrico/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) participa de uma competição de remo que envolve toda a cidade. Os hábitos da elite manauara, costumes e trajes de banho do período foram recriados pelo diretor. Na praia, barracas estilizadas, carros de época e bandeirolas conduziram ao tempo em que a selvagem Manaus, parecia querer – numa injusta adequação – se europeizar. A equipe da figurinista Thanara Schönardie desenvolveu peças similares às que desfilavam pelas praias mais badaladas da Europa naqueles tempos.

Do período de gravações in loco de ‘Dois Irmãos’, também merecem destaque as cenas captadas na Aldeia Tamoios. Os índios, entre homens, mulheres e crianças, realizaram um ritual festivo para a emocionante sequência em que a personagem Domingas (Sandra Paramirim/ Zahy/ Silvia Nobre) regressa às origens para apresentar sua cultura ao filho Nael (Theo Kalper/ Rian Cesar/ Irandhir Santos).

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE CLICANDO AQUI!