Destaque Globo Notícias da Televisão Programação

Globo faz a maior e mais desafiadora cobertura esportiva de uma Copa do Mundo

Emissora
Globo realiza mega cobertura da Copa do Mundo (Foto: Divulgação)

Neste domingo, dia 01º de junho, a Globo esquenta ainda mais a sua cobertura da Copa do Mundo com dois programas especiais. Pela manhã, Glenda Kozlowski e Ivan Moré ancoram o ‘Esporte Espetacular’ direto da Granja Comary, contando como foi a primeira semana da Seleção Brasileira de Luiz Felipe Scolari na concentração e a preparação do time para a sequência de dois amistosos na semana que antecede a estreia no Mundial.

À noite, o ‘Fantástico’ espalha equipes pelos quatro cantos do país para capturar os diferentes jeitos do brasileiro de torcer pela Seleção. Os repórteres vão às ruas para saber como os torcedores estão se preparando para o Mundial e mostram a mobilização das pessoas, as festas pelo país, a preparação para receber os turistas, a decoração das ruas e a expectativa para as emoções do Mundial que se aproxima. O ‘Fantástico’ apresenta também as novidades que a Globo prepara para surpreender o público durante a Copa do Mundo, inclusive um personagem inusitado de um dos maiores rivais do Brasil.

A partir do dia 02 de junho, o ‘Globo Esporte’ ganha edição nacional, apresentada por Cristiane Dias e, no ‘Jornal Nacional’, William Bonner comanda a bancada, enquanto Patrícia Poeta acompanha a Seleção Brasileira de onde ela estiver, sempre na companhia de Galvão Bueno. A primeira ancoragem de Patrícia e Galvão será de Goiânia.

A capital goiana será o palco do primeiro Amistoso da Seleção Brasileira, contra o Panamá, na terça-feira, dia 03 de junho. A Globo exibe o jogo preparatório, ao vivo, com Galvão Bueno, Ronaldo, Walter Casagrande e Arnaldo Cezar Coelho. Na sexta, dia 06, a equipe voa para São Paulo para transmitir a última partida antes da estreia na Copa, contra Sérvia, em São Paulo.

No dia 12 de junho, a Globo prepara uma grande festa para a abertura da Copa do Mundo. Todas as atenções estarão voltadas para a estreia do Brasil contra a Croácia. Desde cedo, os repórteres estarão trazendo todas as informações durante a programação e contando os passos da Seleção Brasileira. A partir das 15h40, Galvão Bueno entrará no ar em definitivo para comandar a transmissão da partida, ao lado de Ronaldo, Casagrande e Arnaldo.

À noite, outra grande estreia: a ‘Central da Copa’ que, em dias de jogos da Seleção, ganha edição especial com 45 minutos de duração. Alex Escobar e Tiago Leifert batem um papo sobre a atuação do Brasil na rodada com o torcedor em casa e com a plateia de 50 pessoas que estará na arquibancada do estúdio. Além de convidados como o ator Marcius Melhem e o comentarista Caio Ribeiro, o programa também vai chamar o público para participar o tempo todo da conversa, contando sua opinião e a emoção dos jogos. Sempre com informação, análise e humor, marcas registradas da ‘Central da Copa’. O Campo Virtual e a Mesa Tática, ainda mais modernos, explicarão e ilustrarão os principais lances das partidas, tirando todas as dúvidas do público. Jogadores virtuais vão saltar da mesa e interagir no estúdio. Simulações recriarão os lances mais polêmicos. O fundo do cenário mudará a cada estádio em que o Brasil jogar.

A maior e mais desafiadora cobertura esportiva já feita pela Globo tem a missão de levar a Copa do Mundo para a casa de cada brasileiro. E de ser os olhos de cada torcedor em tudo que acontece no Brasil durante o Mundial. Para isso, a Globo está mobilizando toda a sua rede – 5 emissoras e 117 afiliadas – para garantir que todas as seleções sejam muito bem cobertas nas 12 cidades-sede que vão receber o Mundial e nos 32 centros de treinamento dos times. São 1.496 profissionais credenciados, mais de 26.000 diárias de hotel e de 4.050 passagens de avião para as equipes. As equipes estarão distribuídas pelo país, em uma operação que envolve cerca de 2.500 profissionais. A Seleção Brasileira será o principal foco, com oito equipes de reportagem seguindo cada passo das grandes estrelas, 24 horas por dia.

A Globo vai exibir todos os 64 jogos da Copa do Mundo, sendo 56 deles ao vivo e oito, que acontecem simultaneamente, em compactos de uma hora. Só de jogos, serão 120 horas de transmissão. A equipe de transmissão traz a experiência dos maiores narradores esportivos da TV brasileira e a estreia de comentaristas que têm na bagagem a prática de defender a camisa da Seleção Brasileira. Além de Ronaldo Nazário, que estreou na Copa das Confederações, a Globo convidou o pentacampeão Roberto Carlos e Juninho Pernambucano para se juntar a Walter Casagrande, Caio Ribeiro, Junior e Roger Flores no time de comentaristas. Entre os narradores, a novidade é a chegada de Alex Escobar, que passa a integrar a equipe que já conta com Galvão Bueno, Cleber Machado, Luis Roberto, Rogério Correa e Rembram Jr. Para analisar a arbitragem, a equipe da Copa será formada por Arnaldo Cesar Coelho, Leonardo Gaciba, Marcio Rezende de Freitas, Renato Marsiglia e Paulo Cesar de Oliveira.

A cobertura da Copa do Mundo em um país continental como o Brasil representa um grande desafio logístico para  os profissionais da Globo. Os seis narradores, por exemplo, vão viajar o Brasil de ponta a ponta cobrindo todos os 64 jogos da competição. Serão mais de 143 mil quilômetros de voo percorridos, passando pelas 12 cidades-sede, para levar ao público todas as informações das partidas.

Na equipe de 80 repórteres que vão trabalhar na cobertura, cinco acompanharão os passos da Seleção Brasileira: Tino Marcos, Eric Faria, Mauro Naves, Marcos Uchôa e Kiko Menezes. A dupla Fernanda Gentil e Abel Neto será responsável pelos flashes ao vivo que vão entrar a qualquer momento na programação. Seis repórteres serão itinerantes e vão acompanhar alguns dos times mais cotados para disputar a taça: Carlos Gil (Itália), Guilherme Roseguini (Uruguai), Ernesto Paglia (Portugal), Pedro Bassan (Espanha), José Roberto Burnier (Argentina), Renato Ribeiro (Alemanha) e Marcelo Courrege (Holanda). A Globo ainda terá equipes dedicadas a produzir matérias para o ‘Esporte Espetacular’ e ‘Globo Esporte’, que estarão divididas nas cidades-sede Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife e Salvador.

Uma redação com 40 postos de trabalho está montada na Granja Comary, casa da Seleção durante o Mundial, para abrigar as equipes da Globo, SporTV e Ge.com durante todo o período da Copa do Mundo. De lá, diariamente, os repórteres trazem as informações mais atualizadas dos treinamentos e da preparação dos 23 convocados para defender as cores da camisa verde e amarela.

Globo terá cinco câmeras exclusivas nos jogo da Seleção Brasileira

Uma multiplicidade de sinais será recebida na base da empresa, no Jardim Botânico, tanto dos jogos nos estádios quanto das equipes de jornalismo espalhadas pelo Brasil. Para isso, foi ampliada a capacidade dos sistemas de gravação e edição de conteúdo, baseados em servidores de imagem e redes de dados. Uma “sala de guerra” será montada para orquestrar a utilização diária dos recursos e manter contato permanente com as equipes que cobrem as atividades das seleções do Mundial.

Na transmissão das imagens, a Globo, assim como todas as emissoras detentoras dos direitos da Copa do Mundo, utilizará as imagens geradas pela FIFA durante as partidas. Além das 34 câmeras da HBS, a Globo terá cinco câmeras exclusivas nos jogos da Seleção Brasileira, para trazer imagens especiais dos jogadores, da cabine de transmissão e dos torcedores nos estádios.

GloboEsporte.com faz cobertura exclusiva na internet

O GloboEsporte.com acompanhará cada passo das 32 seleções participantes da Copa do Mundo no Brasil. Cerca de 200 jornalistas estarão presentes em 19 estados para oferecer a maior cobertura esportiva da história do portal. Por meio do sinal da Globo, o site disponibilizará ao vivo os 64 jogos do Mundial. O torcedor poderá acompanhar cada detalhe pela Central da Copa em fotos, áudio e vídeos, sempre com o melhor conteúdo da TV Globo e do SporTV. Para não perder nenhum lance, antes de começar cada partida, o internauta vai poder acompanhar a chegada das seleções aos estádios, a preparação e a repercussão após os jogos.

Com o uso de recursos exclusivos para a internet, o portal utilizará a multicâmera onde o internauta poderá selecionar o replay, além de interatividades como o ‘Torcidômetro’, que medirá quem os internautas acham que vai vencer o jogo e o ‘Vc dá a nota’, aplicativo que avaliará os jogadores.

A história das camisas usadas pela Seleção Brasileira estará em infográficos que revelarão cada detalhe ao longo das décadas. Curiosidades dos uniformes das demais seleções também estarão disponíveis no site, além de um mapa com todos os gols marcados em Copas.

G1 e Ego trazem seções especiais dedicadas à Copa do Mundo

O portal de notícias G1 fará a cobertura do dia a dia das cidades-sede. Cada região terá um guia interativo de serviços para quem vai às sedes da Copa, com dicas de restaurantes, bares e passeios imperdíveis, sugeridas por personalidades locais. Pensando em facilitar a vida dos turistas, o material terá tradução para inglês e espanhol.

A disputa de personalidades, que foi um sucesso em 2010, vai ganhar uma segunda edição. Artistas, esportistas, magistrados e empresários vão dar seus palpites, jogo a jogo, para o Mundial. Quem se acha parecido com algum dos craques da Copa vai poder participar, via ‘VC no G1’, da galeria de sósias. Na sequência, uma “batalha” com votação do público vai determinar quem são os mais semelhantes. E, para quem acha que recordar é viver, será possível relembrar como era o Brasil nos anos em que foram conquistados os Mundiais: um infográfico mostrará o que os brasileiros gostavam nas artes, música, literatura e estilo.

Além disso, o G1 ainda vai contar a história de vida de uma seleção de brasileiros “comuns” que têm os mesmos nomes dos jogadores escalados por Felipão. Como grandes eventos sempre ajudam a melhorar as finanças, o portal também exibirá cases de empreendedorismo.

No EGO, o leitor vai acompanhar a Copa do Mundo com o olhar das celebridades. Entre os principais destaques, a torcida dos famosos, as festas durante e após os jogos, as musas e, em “Moda e Beleza”, o estilo dos jogadores e vídeos especiais sobre o que usar para assistir às partidas sem deixar de ser fashion.

Programação

O início da Copa do Mundo vai movimentar a grade de programação da Globo. Para a novela das sete, ‘G3R4ÇÃO BR4S1L’, vai trazer a oportunidade de desenvolver uma ação inovadora, bem no espírito da história. De 13 a 21 de junho, a novela ficará fora do ar por oito capítulos. Nesse período, serão exibidas na programação pílulas de três minutos e  ações de interatividade continuarão no site da novela. Através de um app, o público poderá participar também do concurso G3R4ÇÃO BR4S1L, com missões e desafios diários.

Por conta da Copa do Mundo, a temporada de ‘Malhação’ que está no ar terminará na terça-feira, dia 11 de junho, véspera da abertura do Mundial. A nova temporada, ‘Malhação-Sonhos’, estreará no dia 14 de julho, dia seguinte à final.

A exibição do ‘Programa do Jô’ também será interrompida entre os dias 09 de junho e 13 de julho. Em seu lugar, será exibida a terceira temporada de ‘Revenge’.

GloboEsporte.com faz cobertura exclusiva na internet

O GloboEsporte.com acompanhará cada passo das 32 seleções participantes da Copa do Mundo no Brasil. Cerca de 200 jornalistas estarão presentes em 19 estados para oferecer a maior cobertura esportiva da história do portal. Por meio do sinal da Globo, o site disponibilizará ao vivo os 64 jogos do Mundial. O torcedor poderá acompanhar cada detalhe pela Central da Copa em fotos, áudio e vídeos, sempre com o melhor conteúdo da TV Globo e do SporTV. Para não perder nenhum lance, antes de começar cada partida, o internauta vai poder acompanhar a chegada das seleções aos estádios, a preparação e a repercussão após os jogos.

Com o uso de recursos exclusivos para a internet, o portal utilizará a multicâmera onde o internauta poderá selecionar o replay, além de interatividades como o ‘Torcidômetro’, que medirá quem os internautas acham que vai vencer o jogo e o ‘Vc dá a nota’, aplicativo que avaliará os jogadores.

A história das camisas usadas pela Seleção Brasileira estará em infográficos que revelarão cada detalhe ao longo das décadas. Curiosidades dos uniformes das demais seleções também estarão disponíveis no site, além de um mapa com todos os gols marcados em Copas.

G1 e Ego trazem seções especiais dedicadas à Copa do Mundo

O portal de notícias G1 fará a cobertura do dia a dia das cidades-sede. Cada região terá um guia interativo de serviços para quem vai às sedes da Copa, com dicas de restaurantes, bares e passeios imperdíveis, sugeridas por personalidades locais. Pensando em facilitar a vida dos turistas, o material terá tradução para inglês e espanhol.

A disputa de personalidades, que foi um sucesso em 2010, vai ganhar uma segunda edição. Artistas, esportistas, magistrados e empresários vão dar seus palpites, jogo a jogo, para o Mundial. Quem se acha parecido com algum dos craques da Copa vai poder participar, via ‘VC no G1’, da galeria de sósias. Na sequência, uma “batalha” com votação do público vai determinar quem são os mais semelhantes. E, para quem acha que recordar é viver, será possível relembrar como era o Brasil nos anos em que foram conquistados os Mundiais: um infográfico mostrará o que os brasileiros gostavam nas artes, música, literatura e estilo.

Além disso, o G1 ainda vai contar a história de vida de uma seleção de brasileiros “comuns” que têm os mesmos nomes dos jogadores escalados por Felipão. Como grandes eventos sempre ajudam a melhorar as finanças, o portal também exibirá cases de empreendedorismo.

No EGO, o leitor vai acompanhar a Copa do Mundo com o olhar das celebridades. Entre os principais destaques, a torcida dos famosos, as festas durante e após os jogos, as musas e, em “Moda e Beleza”, o estilo dos jogadores e vídeos especiais sobre o que usar para assistir às partidas sem deixar de ser fashion.

Curta o TV Foco no Facebook!