Globo Notícias

Já em baixa, Globo teme fracasso comercial do “BBB” caso Marcos seja condenado

Marcos intimida Emilly no “BBB 17” (Foto: Reprodução)

Após ter estreado a 17ª edição sem ter vendido todas as cotas comerciais de patrocínio a nível nacional e de ter tido poucas provas e festas patrocinadas por empresas, a Globo teme pelo futuro do BBB.

O número de merchandisings despencou em 2017 no reality global de confinamento de anônimos e a situação pode ser ainda pior no ano que vem, caso Marcos Härter seja condenado por agressão à Emilly Araújo, sua ex-namorada.

De acordo com a jornalista Keila Jimenez, o programa, apresentado por Tiago Leifert, também teve comerciais encalhados em várias afiliadas da Globo pelo Brasil. Nos intervalos do reality em emissoras locais era possível ver muitos comerciais da própria emissora ou vídeos institucionais educativos.

Vale dizer que a Globo está dando todo o suporte jurídico a Marcos.

Marcos Härter durante confinamento no BBB. Foto – reprodução.

Curta o TV Foco no Facebook!

PUBLICIDADE

Comentários recentes