Polêmicas

Justiça proíbe Naldo de se aproximar de esposa e o obriga a deixar sua própria casa

O cantor Naldo Benny é obrigado a deixar a casa onde mora. (Foto: Reprodução)

O cantor Naldo Benny está sofrendo as consequências após ser denunciado por agressão à sua esposa, a ex-dançarina Ellen Cardoso. A morena o denunciou no último sábado, 02 de dezembro, e afirmou ter levado socos, tapas e puxões de cabelo.

Enquete Fazenda: Flávia Viana, Marcos Harter e Matheus Lisboa estão na final; quem deve ganhar?

Naldo foi preso na manhã desta quarta-feira, 06, mas liberado horas depois de pagar a fiança. De acordo com informações do portal G1, o funkeiro agora recebeu uma nova determinação da justiça, como medida protetiva a favor de Ellen.

  • Afastamento do lar conjugal ou domicílio de convivência
  • Manutenção de distância mínima de 100 metros da mulher e de familiares dela
  • Proibição de qualquer contato com a mulher e familiares

Naldo também precisa deixar a casa em que mora com a moça. “A esposa dele veio na delegacia e comunicou ter sido vítima de lesão, injúria e ameaça, e verificamos a possibilidade dele ter uma arma não registrada. No mandado de busca, constatamos que ele tinha uma pistola em casa sem registro. Ele foi preso em casa e não esperava. Foi uma discussão por ciúmes em que ele acabou por agredi-la”, contou a delegada responsável pelo caso.

Vale destacar também que Naldo já não possui mais nenhuma rede social e que ao sair da delegacia disse que aquilo tudo era um equívoco.

Ele também estava escalado para a próxima temporada do Dancing Brasil de Xuxa Meneghel. Agora a dúvida gira em torno da participação dele no programa. O TV Foco procurou a assessoria de imprensa da Record que afirmou que o nome do cantor ainda não havia sido divulgado oficialmente pela emissora como participante do programa: “A lista divulgada não foi oficial”, disse a emissora sobre uma suposta lista que foi divulgada recentemente nos meios que cobrem televisão e celebridades.


Curta o TV Foco no Facebook!

PUBLICIDADE

Comentários recentes