Celebridades

Mãe de Rodrigo de Pádua revela que existiu um caso com Ana Hickmann

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Muita gente ficou revoltada com Rodrigo de Pádua, que atentou contra a vida de Ana Hickmann no último sábado (21), mas acabou sendo morto pelo cunhado da apresentadora. No entanto, a sua família está indignada com tudo o que aconteceu.

A mãe do fã da loira, Wanda de Pádua, em entrevista ao EGO, afirma que o filho não tinha a intenção de matar, e que o fato não foi esclarecido: “Tem muita gente metendo o pau porque não sabe, não conhece. Rodrigo era a pessoa mais honesta e pura que existiu”.

“Ele foi assassinado, mataram ele, ele ficou indefeso. Ele (Gustavo) estava mesmo com a intenção de matá-lo. Ele podia ter sido imobilizado e vai aparecer muita coisa. Vai aparecer a verdade”, disse ela, afirmando que há várias contradições nessa história.

“Vai ser tudo esclarecido, as contradições da Ana… Tenho pena dela por ter acontecido isso tudo, mas tem muito mistério ainda para ser descoberto. Ele não ia enfrentar isso senão tivesse alguma coisa. Existia algo entre ela e ele”, afirmou Wanda.

“Ele era muito normal, não tinha nada disso. O nome dele vai ser limpo. Minha dor está insuportável. Ele era uma pessoa normal, os vizinhos todos gostavam muito dele. Ele não foi com intenção de matar ninguém, ele só queria conversar e não entenderam isso”, conta.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

“Que a arma era dele eu acredito. Mas ele não tinha intenção de matar, ele nunca mexeu com arma e até do exército foi dispensado porque queria estudar. Rodrigo nunca pegou numa arma. Ele estava todo machucado no rosto: os olhos, a testa, o queixo, a boca”, disse.

“Até mordida no braço ele levou. Ele queria pressionar com a arma que levou, mas esse tiro que foi dado e acertou a moça não foi da mão dele, foi do próprio marido dela, porque ele já estava imobilizado”, acredita ela.

Curta o TV Foco no Facebook!

PUBLICIDADE