Celebridades TV Brasil

Marido de Marieta Severo perde programa na TV por “corte de custos”

Aderbal Freire-Filho no Arte do Artista. Foto – divulgação/TV Brasil.

Marido de Marieta Severo, o diretor, ator de teatro e apresentador Aderbal Freire-Filho sairá da TV Brasil, pois ele acaba de perder o seu programa, o Arte do Artista.

Com a desculpa da crise financeira que afeta o canal, o diretor-presidente da emissora, Laerte Rímoli, comunicou Freire-Filho da decisão de cancelar a produção de seu programa.

“Ele (Laerte) ligou para o Aderbal e, gentilmente, disse que precisava encerrar o programa por causa de grana. Eu não acredito nessa falta de dinheiro porque recentemente deram um aumento de 30% para toda a diretoria, que, diga-se de passagem, já ganhava muito bem”, disse o produtor artístico Sérgio Cardia, que trabalhava com Aderbal.

“Era um programa extremamente barato para a emissora. O contrato de prestação de serviço era de R$ 68 mil [por mês] para quatro programas e, com esse valor, a gente ainda bancava uma equipe de seis pessoas”, conta Cardia sobre o Arte do Artista.

E acrescentou: “O Aderbal trabalhava essencialmente de graça e, muitas vezes, pagava do próprio bolso táxi, água, refrigerante, o que fosse… Até os custos com passagens aéreas para os convidados que não eram do Rio de Janeiro a gente assumia”.

“O formato (do programa) é nosso, podemos levá-lo conosco para outras emissoras. Vamos negociar com o Arte1, com o Canal Brasil, ver se alguém tem interesse. Porque o programa é muito querido pela classe artística, tem muitos atores que não dão entrevista para ninguém e topam participar do nosso por causa do Aderbal”, comenta Cardia.

Ao site Notícias da TV, a TV Brasil comunicou que o Arte do Artista chegou ao fim por causa de um corte de 46% no orçamento. “A EBC tem buscado soluções para manter os programas de linha de sua programação e lamenta estar, neste momento, sem condições financeiras para arcar com os custos da atração”.

E acrescentou: “A Empresa Brasil de Comunicação esclarece que o contrato da atual temporada do Arte do Artista para a produção de 52 programas custa R$ 816.490,03 por ano à empresa, pagos em 12 parcelas de R$ 68.040,84”. Até aí, a versão bate com a de Cardia.

“Do total anual, R$ 715.980,11 são destinados ao pagamento de salário a Aderbal Freire-Filho e a outras cinco pessoas por ele contratadas, que trabalham no programa. Os dados estão em planilha anexa à carta-proposta enviada à EBC pelo ator e diretor. Por essa planilha, Aderbal Freire-Filho ganha salário de R$ 22.996,54 por mês“, disse a assessoria do canal público.

“É importante ressaltar ainda que o Arte do Artista não é produzido integralmente pela equipe de Aderbal Freire-Filho. A EBC também fornece vasta estrutura para o programa, com a cessão de três funcionários, estúdio, cenário permanente montado, diretor de TV, operadores de câmera, iluminador, assistentes, além de operadores de VT, de caracteres, de teleprompter, de áudio, de vídeo”.

“A estimativa é que o custo interno do programa para a EBC chegue a R$ 1,1 milhão (cerca de R$ 98 mil por mês) com a edição, filmagem, produção e estúdios. Assim, o custo total do Arte do Artista para a EBC fica em torno de R$ 2 milhões anuais _a soma do valor do contrato com Aderbal mais os gastos da empresa com o programa. Vale lembrar também que o nome do programa Arte do Artista é registrado pela EBC no INPI”.

“Por fim, os salários dos diretores da EBC não foram reajustados, ao contrário do que informou à reportagem o produtor Sergio Cardia”, concluiu.

Curta o TV Foco no Facebook!