Interdição

100kg de carne PODRE e larvas: A interdição da Anvisa contra restaurante amado de SP, açougue e +1 popular

24/06/2024 às 16h45

Por: Rafael Silva
Imagem PreCarregada
Anvisa e restaurantes fechados - Foto Reprodução Internet

Mais uma vez, a Anvisa cumpriu o seu dever em proteger a população e os consumidores de riscos à saúde, com uma interdição de diversos estabelecimentos populares, com graves acusações.

As informações são do site “bragancasp.gov”, o qual informou no dia 02 de junho de 2023, que a Vigilância Sanitária interditou um restaurante em Bragança Paulista–SP, que não teve o nome revelado, onde foram jogados fora mais de 300kg de comida podre no aterro sanitário, com sérios riscos à saúde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Até o momento não foram encontradas notas oficiais, tampouco manifestações do restaurante a respeito do ocorrido, porém, o espaço continua em aberto para que a mesmo possa expor sua versão dos fatos, permanecendo fechado até a regularização do ambiente e o cumprimento das normas de higiene.

Além disso, com dados do dia 12 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde de Sorocaba, por meio Visa, que segue as normas da Anvisa, interditou um restaurante na região central da cidade.

Continua após o Veja Também

Veja também

O estabelecimento, que não teve o nome exposto, apresentou uma estrutura fora dos padrões, uma verdadeira nojeira que poderia trazer riscos à saúde dos consumidores. O restaurante, que não teve o nome divulgado, não se pronunciou sobre o caso, permanecendo fechado até a sua regularização.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E não para por aí, pois, segundo foi informado no dia 21 de março de 2023, a Vigilância Sanitária de Maceió também apreendeu 100 kg de carne bovina podre em um açougue no Tabuleiro do Martins, em Maceió, que precisou ser interditado até a sua regularização.

Durante a fiscalização, até mesmo larvas foram encontradas, com armazenamento inadequado e má higienização do ambiente, que foi autuado e poderá pagar uma multa de até R$ 19 mil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Até o momento não foi encontrada nenhuma nota oficial ou posicionamento do local, lembrando que o espaço permanece em aberto para que ela possa expor sua versão dos fatos.

Anvisa determina um limite de fragmentos para cada alimento (Reprodução/Foto: Anvisa/Divulgação)
Anvisa determina um limite de fragmentos para cada alimento (Reprodução/Foto: Anvisa/Divulgação)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)

Quais produtos precisam da aprovação do órgão regulador no Brasil?

Segundo informações do site “licempre.com”, o registro na Anvisa é obrigatório para as empresas que fabricam e importam produtos alimentícios, farmacêuticos, correlatos, saneantes e cosméticos, devendo ser sempre analisados e passados por uma perícia especializada do órgão para receberem aprovação.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

Anvisa
Rafael Silva

Autor(a):

Eu sou Rafael Silva, tenho 28 anos e sou Arquiteto e Urbanista por formação pela Universidade Potiguar. Viciado em estar por dentro de tudo que acontece, sou Redator Web por vocação. Sempre foi apaixonado por escrita e leitura e me encontrei no mundo do entretenimento. Acompanho a vida dos famosos e celebridades diariamente pelos seus perfis das redes sociais e faço matérias sobre as fortunas dos artistas e suas mansões elegantes . Adoro jogar vídeo game e assistir séries e filmes. Minhas redes sociais são: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.