TV Foco

13 filmes de terror para você curtir sua “Sexta-feira 13”

Nada melhor para aproveitar uma sexta-feira 13 do que acompanhar a carga de mistério que cerca o dia e escolher um fime que provoque arrepios e calafrios da cabeça aos pés.

Confira abaixo nossa lista de longas assustadores:

A Noite dos Mortos-Vivos (1968)

Realizado pelo cineasta George A. Romero, o filme marcou época por apresentar cenas explícitas, até então nunca vistas nos cinemas, de mortos que se alimentavam de carne humana. Apesar de não ser o precursor do gênero, determinou a estética de todos os filmes de zumbis porteriores. Curiosidade: a palavra zumbi não é mencionada nenhuma vez durante o longa.

O Bebê de Rosemary (1968)

O inferno, literalmente, são os outros. A atriz Mia Farrow, excelente no papel de uma grávida que é alvo das atenções de uma seita satânica, composta pelos vizinhos de seu prédio, foi a escolha perfeita para o longa. Dirigido por Roman Polanski, o filme vale-se do clima construído pelo cineasta polonês, que mostra muito pouco, mas consegue criar um nervosismo febril no espectador.

O Exorcista (1973)

Neste assustador filme, o próprio demônio invade o corpo de uma adolescente, que terá a ajuda de um padre pouco convencional para lutar conta o mal. Após quase 40 anos desde que foram apresentadas ao público pela primeira vez, as imagens onde a atriz Linda Blair aparece desfigurada, contorcida e fazendo coisas indizíveis com um crucifixo, permanecem entre as mais perturbadoras do cinema.

O Massacre da Serra Elétrica (1974)

A protagonista do filme nada mais é que a própria serra elétrica. O louco, que usa do objeto para acabar com um grupo de jovens que passa pelo seu caminho, vive com uma família tão insana quanto. Pelo seu destaque, o longa ganhou até uma refilmagem em 2003.

Halloween (1978)

O filme de John Carpenter mostra um psicopata que foge do hospício, em uma noite de Halloween, e retorna à sua cidade natal para continuar cometendo crimes bárbaros. Apesar do sucesso, o longa teve dificuldades para ser realizado por falta de orçamento e os atores, entre eles Jamie Lee Curtis, usaram suas próprias roupas durante as filmagens.

O Iluminado (1980)

O diretor Stanley Kubrick e o ator Jack Nicholson fizeram da adaptação do livro de Stephen King um clássico absoluto do terror. Tente não se apavorar com a história de um menino que, sozinho com sua família em um hotel cercado pela neve, vê seu pai ser possuído pelos espíritos malígnos do local.

Sexta-Feira 13 (1980)

É o primeiro de uma série de filmes que tem como assassino Jason Voorhees, que ressuscita de um afogamento para saciar sua sede de vingança. Criado pelo diretor Sean S. Cunninghan, o personagem mascarado, ao lado de Jason, virou um símbolo da data.

Poltergeist (1982)

Escrito e produzido por Steven Spielberg, o terror sobre os estranhos fenômenos sobrenaturais que afetam a vida do moradores de uma misteriosa casa tornou-se cultuado por um suposta maldição, que acompanharia o longa. Ao longo de suas duas continuações, parte do elenco e da produção da série morreu, incluindo a protagonista Heather O’Rourke, que faleceu ao 12 anos.

A hora do pesadelo (1984)

Através de pesadelos, um grupo de jovens é atacado por Freddy Krueger, homem deformado que veste garras de aço e uma blusa listrada de preto e vermelho. O filme é marcado pelas fortes cenas de terror, além da assustadora música cantada pelos fantasmas das crianças assassinadas. Assim como Jason Voorhees, Freddy é um marco da Sexta-Feira 13.

Brinquedo Assassino (1988)

Quem aterroriza a criançada é nada mais, nada menos, que um boneco de cabelos ruivos. Chucky, o protagonista, ganha vida por meio de uma maldição que rende longas até hoje. O brinquedo do mal já ganhou até noiva e filho em suas continuações.

It (1990)

Deixando de lado todo o encanto dos personagens de circo, o monstro desse longa é um palhaço homicida. No enredo, um grupo de jovens se une para combater o protagonista, mais conhecido por ‘A Coisa’. O filme também foi adaptado de uma obra de Stephen King.

Pânico (1996)

Satirizando clichês, o longa de Wes Craven revitalizou o gênero na década de 90 combinando diálogos inspirados com suspense, além de um final inusitado. O primeiro filme ganhou três continuações, que mantiveram as reviravoltas no roteiro e conquistaram uma legião de fãs.

Jogos Mortais (2004)

A história de um serial killer extremamente inteligente, que quer – pasme – ensinar o valor da vida às suas vítimas através de jogos de tortura, é simplesmente a franquia de terror mais bem sucedida de todos os tempos. Com sete títulos (o último estreia em outubro), a série protagonizada pelo psicopata Jigsaw já arrecadou mais de US$ 730 milhões de dólares ao redor do mundo.

RedeTV

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco