BOMBAS!

Amil, Unimed e +: 3 gigantes dos planos de saúde, que pode ser o seu, confirmam FIM de serviço vital

23/06/2024 às 13h18

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Fim de serviço - Plano de Saúde Unimed e Amil (Foto: Montagem - TV Foco)

Milhares de clientes em todo o Brasil são pegos desprevenidos com o fim de serviços vitais de alguns planos de saúde

As três maiores operadoras de planos de saúde no Brasil, Amil, Unimed e mais uma gigante do setor, anunciaram o fim de um serviço essencial, provocando grande preocupação entre os beneficiários.

A decisão, que impacta milhares de usuários em todo o país, gera incertezas sobre o futuro dos atendimentos e levanta questões sobre a sustentabilidade dos serviços prestados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O convênio entre a Prefeitura de Praia Grande e a Unimed Santos foi cancelado em 31 de maio de 2023, a pedido da Unimed. A rescisão do contrato afetou servidores públicos e seus dependentes que utilizavam o plano de saúde.

Unimed Santos / Prefeitura de Praia Grande - Foto: Montagem
Unimed Santos / Prefeitura de Praia Grande – Foto: Montagem

De acordo com Diário do Litoral, os beneficiários que quisessem continuar com o plano de saúde da Unimed Santos deveriam ter entrado em contato com a empresa até o dia 4 de junho, através dos telefones fornecidos, para migrar para o plano “Pessoa Física” com o benefício da isenção das carências.

Continua após o Veja Também

Veja também

A Prefeitura de Praia Grande informou ainda que manteve a opção de adesão aos convênios da Trasmontano Saúde e Santa Saúde, permitindo que os servidores que possuíam o plano de saúde da Unimed Santos solicitassem a migração para esses planos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Empresa investigada

A Amil, que é uma das maiores operadora de saúde do Brasil com mais de 3,1 milhões de clientes, foi alvo de dois pedidos de investigação em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) devido ao cancelamento de milhares de planos coletivos por adesão.

Amil (Foto: Reprodução/ Internet)
Amil (Foto: Reprodução/ Internet)

Entre os afetados estavam crianças autistas e pessoas com doenças raras, totalizando cerca de 30 mil convênios impactados, de acordo com a empresa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com o apoio de 53 dos 94 parlamentares, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) recebeu um pedido de instalação de CPI na noite de terça-feira, dia 21 de maio desse ano.

Segundo o Jornal Opção, a iniciativa foi da deputada Andrea Werner (PSB), que tem um filho autista. O objetivo era investigar possíveis irregularidades no cancelamento unilateral de planos de saúde, especialmente os de idosos e pessoas com deficiência.

Acontece que durante aquele mês, foram registradas cerca de 200 reclamações específicas sobre cancelamentos feitos pela Amil, afetando idosos, crianças e adolescentes em tratamento. Além disso, famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul também foram notificadas sobre o fim de seus planos. “Como as famílias vão procurar advogado e recorrer a tempo enquanto estão em abrigos?”, questionou Andrea.

Comunicado

Em nota, a Amil lamentou os transtornos causados pelos cancelamentos, mas afirmaou que eles “correspondem a apenas 1% dos beneficiários cobertos” e que se justificam pelo desequilíbrio extremo entre receita e despesa que representam.

“Enfatizamos que a medida não tem nenhuma relação com demandas médicas ou quaisquer tratamentos específicos, uma vez que mais de 98% das pessoas envolvidas não estão internadas ou submetidas a tratamento médico garantidor de sua sobrevivência ou de sua incolumidade física”, declarou a Amil, que dizia atender 10 mil pessoas do espectro autista

Falência de plano

Saúde Sim LTDA, operadora de plano de saúde com sede em Brasília, entrou em falência em junho de 2023. A falência foi decretada pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) após a empresa apresentar pedido de autofalência.

Plano de Saúde, Saúde Sim - (Foto: Reprodução / Internet)
Plano de Saúde, Saúde Sim – (Foto: Reprodução / Internet)

De acordo com o portal Segs, a empresa acumulava dívidas e enfrentava dificuldades para honrar seus compromissos. A Saúde Sim não tinha capital suficiente para se manter em funcionamento.

A empresa registrava um alto índice de inadimplência, com muitos clientes atrasando o pagamento das mensalidades.

Atualmente, a empresa está em fase de liquidação, o que significa que seus bens estão sendo vendidos para pagar as dívidas.

O processo judicial da falência da Saúde Sim ainda está em andamento. Ainda não há uma definição sobre como os credores da empresa serão ressarcidos.

Qual melhor plano de saúde que cobre tudo?

Segundo o site Bricer, o Bradesco Saúde é o melhor plano para isso.

A empresa está presente no ranking dos melhores planos de saúde, visto que oferece acesso a hospitais renomados e cobertura internacional. Além disso, é uma das operadoras que conta com maior variedade de serviços adicionais.

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

amil
falência planos de saúde
Planos de Saúde
Unimed
Wellington Silva

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.