DESPEDIDAS!

Produção encerrada: O fim da linha de 5 motos da Honda, Yamaha e Suzuki, para a tristeza dos motoqueiros


Marcas de moto - Honda, Yamaha e Suzuki (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

Amantes de motos estão de LUTO ao descobrir os modelos da Honda, Yamaha e Suzuki que serão descontinuados no Brasil

A notícia do encerramento da produção de cinco modelos icônicos de motocicletas pela Honda, Yamaha e Suzuki ressoa profundamente entre os entusiastas do motociclismo. Com um legado que atravessou décadas e inspirou gerações de motoqueiros, a descontinuação desses modelos marca o fim de uma era.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Tanto para os aficionados pela estrada quanto para os colecionadores, a notícia é recebida com uma mistura de nostalgia e pesar, pois essas motos representam mais do que simples veículos; são símbolos de liberdade, aventura e paixão pelas duas rodas. A indústria do motociclismo agora testemunha o encerramento de um capítulo significativo de sua história, deixando uma lacuna emocional e um espaço vazio na estrada para aqueles que apreciavam a presença destas máquinas lendárias.

Confira os modelos que deixarão saudades:

A Suzuki Bandit 1250, conhecida por sua potência e versatilidade, conquistou uma legião de fãs ao longo dos anos, tornando-se uma referência no segmento das naked de alta cilindrada.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Moto Suzuki Bandit 1250 (Foto: Reprodução - Autopapo)
Moto Suzuki Bandit 1250 (Foto: Reprodução – Autopapo)

Honda Shadow 600, com seu design clássico e confiabilidade inigualável, cativou os apaixonados por custom desde seu lançamento, proporcionando uma experiência de pilotagem única e marcante.

Veja também

A lendária Honda CBX 750F, carinhosamente apelidada de “Sete Galo”, é um ícone do motociclismo brasileiro, reconhecida por sua potência e desempenho excepcionais, deixando uma marca indelével na cultura das motos no país.

Honda CBX 750F - A famosa Sete Galo (Foto: Reprodução - Autopapo)
Honda CBX 750F – A famosa Sete Galo (Foto: Reprodução – Autopapo)

CBX 250 Twister de farol redondo, com sua estética nostálgica e desempenho confiável. Ela conquistou uma base sólida de admiradores, especialmente entre os iniciantes e os que buscavam uma opção acessível e robusta para o dia a dia.

Yamaha

Por fim, a Yamaha XJ6 N, com seu design esportivo e desempenho ágil, tornou-se uma escolha popular entre os motociclistas. Isso por que eles valorizavam o equilíbrio entre potência e manobrabilidade. O fim da produção dessas motos deixa um vazio na indústria do motociclismo, enquanto os entusiastas lamentam o adeus a esses ícones que moldaram a história das duas rodas.

Moto Yamaha XJ6 N (Foto: Reprodução - Autopapo)
Moto Yamaha XJ6 N (Foto: Reprodução – Autopapo)

Os informações foram divulgadas pelo portal Autopapo da UOL.

Qual a moto mais vendido do brasil em 2024?

A liderança de mercado é da Honda, com 72% de participação, seguida da Yamaha, com 15,8%. A Shineray é a terceira, com 2,8%, enquanto a Haojue é a 4ª, com 1,1%. No acumulado do ano, a liderança é da Honda, com 71,95%, seguida da Yamaha, com 15,77%.

Os dados são do Blog Car.

🚨 Espírito de estrela da RedeTV! aparece ao vivo em programa + Globo demite 16 estrelas + Fátima furiosa        

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu