DESBANCANDO A CONCORRÊNCIA!

Mais de meio bilhão na mesa: A compra colossal da Nestlé de chocolate popular para aniquilar a Cacau Show

10/01/2024 às 7h10

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Nestlé faz compra colossal para aniquilar a Cacau Show (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/Tv Foco)

A compra colossal da Nestlé para desbancar concorrência como a Cacau Show e se tornar uma das maiores do setor de chocolates

E a Nestlé, uma das maiores marcas do setor alimentício, no ano de 2002 efetuou uma compra colossal de uma marca popular de chocolates no país para aniquilar a Cacau Show.

Estamos falando da icônica Garoto, fundada no ano de 1929 e que chegou a ser eleita no ano de 2021, como a segunda marca de chocolates mais lembradas entre consumidores, conforme divulgado pelo  Data Folha na época.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o portal Jornal de Londrina, no ano de 2002, o grupo  suíço Nestlé fez questão de anunciar a compra de uma parte significativa dessa marca tão amada pelos brasileiros.

Esse feito, iniciou uma nova era entre elas e prometendo firmar ainda mais espaço da Nestlé no Brasil, cujo  contrato de venda foi assinado por  oito acionistas da Garoto em São Paulo.

Continua após o Veja Também

Veja também

A indústria da Garoto fica em Vila Velha, no Espírito Santo, e na época empregava cerca de  2.500 pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compra de bilhões

A venda que chegou a ser avaliada em  R$ 1 bilhão prometeu à Nestlé mais de 50% do setor de chocolates, um segmento de 309 mil toneladas e vendas de R$ 2,7 bilhões.

Sozinha, a Nestlé detinha 31,4% do setor e a Garoto, 22,4%, na época.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mesmo com as cifras, acionistas da Garoto não acreditavam que poderiam enfrentar  empecilhos por parte do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Nestlé ainda previa o incremento da produção da Garoto voltada ao mercado interno e às exportações para a América Latina e América do Norte; revitalização da marca e de seus principais produtos e manutenção da sua rede de distribuição em todo o país.

Essa parceria prometeu assim o fim da concorrência entre as marcas, afinal, juntas elas conseguiriam dominar o mercado, inclusive derrubar marcas como a Cacau Show, que apesar de fazer uma linha mais gourmet, também tem em seu portfólio chocolates mais populares

Porém, somente em junho de 2023 (20 anos após a negociação), essa história teve um desfecho!

Segundo o portal “Olhar Digital, o Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a proposta da empresa alemã para a compra da empresa brasileira.

Valor final em mais de meio bilhão

Essa compra foi feita por um pouco mais de meio bilhão na mesa, mais precisamente o valor de R$566 milhões e promoveu a fusão das duas, sendo que ambas já são vistas como grandes no país.

Na ocasião, o Cade decidiu que a compra da Garoto deveria ser realizada por um concorrente menor. Isso porque, na época, ambas representavam algo em torno de 60% da parcela do mercado.

No entanto, atualmente, as parcelas de mercado das duas empresas juntas diminuiu para algo em torno de 30% a 40% do mercado, afinal de contas, ao longo desses anos, diversas outras marcas concorrentes que atuam no país começaram a ganhar força.

O que a Nestlé precisou fazer para concretizar a compra da Garoto?

Para que a compra da Garoto se concretizasse, a Nestlé também precisou se comprometer a não adquirir ativos e empresas que representem mais de 5% do mercado de chocolates atual..

Segundo o portal G1, outra medida que a Nestlé deverá manter é a produção na fábrica da Garoto, localizada em Vila Velha (ES), durante o período mínimo de sete anos.

Porém, essa decisão não é válida para aquisições internacionais, que podem ter efeitos no território brasileiro. Segundo o presidente do Cade e responsável pelo caso, Alexandre Cordeiro, a passagem de todos esses anos foi essencial para a decisão atual do Conselho.

Por isso, a compra da Garoto só foi possível após discussões e acordos proporcionais, para evitar riscos aos concorrentes. Portanto, com a mudança no panorama do mercado de chocolates, não existe mais nenhuma restrição para a concretização da compra.

 

 

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

cacau show
compra
desfecho
Fusão
Garoto
Nestlé
Lennita Lee

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida.Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever.Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras.Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ...Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.