TV Foco

“A Cura” estreia hoje na Globo, saiba quem é quem

Costumes religiosos, locações históricas, suspense e misticismo são alguns dos elementos apresentados em “A Cura”, nova série que estreia dia 10, na Globo. A produção é dirigida por Ricardo Waddington e tem autoria de João Emanuel Carneiro e Marcos Bernstein. Ambientada em Diamantina, no estado de Minas Gerais, a trama narra a trajetória de Dimas Bevilláqua, vivido por Selton Mello -jovem teria o dom da cura de doentes, mas que ficou traumatizado após ser acusado pela morte de um colega em um caso mal explicado.

Depois do incidente, ele sai da cidade e, entre suas internações em clínicas psiquiátricas, termina a faculdade de Medicina. Em busca de fazer as pazes com o passado, Dimas volta para a cidade natal atrás de respostas, mesmo sabendo das dificuldade que poderá enfrentar ao revirar lembranças adormecidas. “Paira sobre ele esta dúvida, este estigma de assassino”, explica Selton.

A saga de Dimas tem origem no século 18 com o vilão Silvério (Carmo Dalla Vecchia) e o personagem de Selton é descendente do antagonista. Na época da exploração do ouro e de diamantes, Silvério conquistava seus objetivos a base de uma crueldade sem limites. Maltratava escravos, matava por motivos fúteis, enfim, tudo que estivesse contra seus objetivos era alvo da lâmina do seu facão. “Ele é um homem de época com ambição desmedida”, defende Carmo. Silvério é amaldiçoado depois de matar um pajé e isso repercurte em uma mudança em seu comportamento. “É uma espécie de trajetória cármica. Um ajuste de contas através dos séculos”, explica o autor João Emanuel Carneiro. Em outras palavras, Dimas é um personagem vítima de um passado remoto e que não aceita seu dom.

Na volta à cidade natal, ele encontra oportunidade de trabalho em um tradicional hospital da região dirigido pelo Dr. Turíbio Guedes (Ary Fontoura). “Ele é um sujeito muito cuidadoso, zeloso e extremamente consciente de que a medicina tradicional é a única forma de encontrar a cura”. No mesmo hospital, Dimas reencontra sua antiga paixão de infância, a médica Rosângela (Andréia Horta), filha de Turíbio. Ela é uma médica legista, noiva há sete anos do também médico Luiz Camilo (Caco Ciocler). A moça estará dividida não só pelo amor, mas também pela fé, visto que o retorno de Dimas gera os boatos sobre seu dom. “Sou mineira, assim como o Selton, mas saí de lá há dez anos. O sotaque é natural, não é nada forçado”, explica Andréia.

Para trazer mais veracidade à história, o diretor Ricardo Waddington optou por gravar na região onde se passa a história. “Pensamos na musicalidade dos mineiros, no seu jeito único de falar. Nada melhor do que trabalhar com um elenco mineiro. Nossos protagonistas são de Minas”, explica Ricardo. Natural do interior de São Paulo, a atriz Ana Rosa, que vive Graciema, mãe de Rosângela, diz que acredita na existência de pessoas com o dom da cura. “Mas é uma coisa muito perigosa porque sabemos que também existe charlatão”, releva. Foram 25 dias de gravações que movimentaram cerca de 150 pessoas, entre técnicos e elenco, na histórica Diamantina. Para dar maior qualidade às cenas, foi utilizada uma câmera com capacidade de captar imagem com riqueza de detalhes usada no cinema. “‘A Cura’ não tem pretensão de ser um filme. Ela tem qualidade de imagem e textura sem igual”, afirma o diretor.


SAIBA QUEM É QUEM O SERIADO “A CURA”:

Dimas Bevilláqua (Selton Melo) – Jovem médico que possui o dom da cura. Quando criança ele foi acusado de assassinato de um colega e ao retornar à cidade natal verdades vêm à tona.
Rosângela Guedes (Andréia Horta) – Médica legista filha do Dr. Turíbio (Ary Fontoura) e noiva do médico Luiz Camilo (Caco Ciocler). Ela foi namorada de infância de Dimas e por ele nutre um grande amor.
Turíbio Guedes (Ary Fontoura) – Diretor de um respeitado hospital na cidade de Diamantina. Ele acredita que nada mais além da medicina tradicional pode trazer a cura.
Margarida Bevillláqua (Nívea Maria) – É mãe de Dimas e fica feliz com o retorno dele. Ela é uma mulher zelosa e sofre com as duras críticas e suspeitas que envolvem o passado do filho.
Luiz Camilo (Caco Ciocler) – Noivo há sete anos da médica Rosângela. Ele sentirá ameaçado com a presença do namorado de infância de Rosângela na cidade e no hospital onde ele trabalha.
Otto (Juca de Oliveira) – É um médico chamado por uns de santo e por outros de criminoso. Também ficou conhecido por seu dons de cura.
Ciro Bevilláqua (Rogério Marcico) – Avô de Dimas. É um homem íntegro e respeitado por todos na região onde vive.
Edelweiss (Ines Peixoto) – É considerada louca por muitos, será a primeira pessoa a ver em Dimas o dom de cura.
Lucinha (Luiza Mariani) – É uma jovem entediada que ama a madrugada. É divertida e dona de um bar.
Silvério (Carmo Dalla Vecchia) – É o antepassado de Dimas que no Século XVIII. Ele maltratava e humilhava todos à sua volta e depois de quase morrer muda de comportamento.

UOL

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco