BOMBA!

Calote de R$100 milhões: A falência devastadora de loja de móveis nº1 do Brasil após 71 anos de existência

02/07/2024 às 16h56

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Falência de loja de móveis (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

Milhares de clientes são pegos desprevenidos com o anúncio de falência da que já foi considerada a a maior loja de móveis do Brasil

A maior loja de móveis do Brasil, após 71 anos de tradição no mercado, enfrentou uma falência devastadora que deixou um calote de R$100 milhões. Este colapso inesperado não apenas surpreendeu os consumidores, mas também abalou profundamente a confiança no setor varejista do país.

A loja, que era conhecida por sua qualidade e inovação, agora deixou um vazio significativo no mercado e levanta questões sobre a gestão financeira e os desafios enfrentados pelas empresas em um cenário econômico instável.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Falência de loja varejista (Foto: Reprodução / Internet)
Falência de loja varejista (Foto: Reprodução / Internet)

A Manlec, ou Manufactura Lechtman & Manzoli, foi mais do que apenas uma loja de móveis para o Sul do Brasil. Fundada em 1953 por Atílio Manzoli e Felipe Lechtman no bairro Bom Fim de Porto Alegre, a empresa se tornou um símbolo de inovação, qualidade e tradição para gerações de gaúchos.

A história da Manlec começou com uma fábrica de móveis, especializada em copas coloniais. A qualidade e o design diferenciado rapidamente conquistaram a clientela, impulsionando a empresa.

Continua após o Veja Também

Veja também

Em 1967, a Manlec deu um passo crucial ao abrir sua primeira loja. A partir daí, a rede se expandiu rapidamente,alcançando 46 unidades em seu auge, presente em diversos municípios do Rio Grande do Sul. A Manlec não se limitava à venda de móveis. A empresa se destacava pela variedade de produtos, incluindo eletrodomésticos, decoração e serviços de design de interiores. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, a Manlec era conhecida por suas campanhas publicitárias criativas e marcantes, que se tornaram parte da cultura popular gaúcha.

Decadência e Queda

A partir dos anos 2000, a Manlec começou a enfrentar dificuldades financeiras. A crescente concorrência, mudanças no perfil do consumidor e a crise econômica global impactaram negativamente a empresa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo dados do Wikipédia, em 2014 entra em recuperação judicial, com um passivo de 100 milhões de reais, buscando reestruturar suas dívidas e evitar a falência. No entanto, as medidas não foram suficientes para reverter o quadro.

Em julho de 2017, a falência da Manlec foi decretada pela Justiça. O encerramento das atividades gerou comoção na comunidade gaúcha, que se despediu de uma marca que marcou a história do estado.

É possível se recuperar da falência?

A legislação brasileira prevê instrumentos para que uma empresa que esteja em dificuldades possa pagar seus credores da forma mais rápida e justa possível, podendo inclusive, em alguns casos, voltar ao mercado.

É a Lei nº 14.112/2020, de Recuperação Judicial, Extrajudicial e Falências, atualizada em 2020.

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

falência
falência varejista
Loja de móveis
Loja Manlec
manlec
Wellington Silva

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.