A Fazenda

A Fazenda terá interação do público nas provas, revela o diretor Rodrigo Carelli

Antonio Chahestian/Record

A terceira edição do reality show A Fazenda (Record) terá o maior prêmio dado pela TV brasileira. O vencedor vai abocanhar a quantia de R$ 2 milhões. O diretor da atração, Rodrigo Carelli, contou uma novidade: o internauta doR7 poderá interferir na dinâmica das provas dentro da casa.

Sem revelar nomes, ele adiantou os perfis dos 15 escolhidos para entrar na fazenda na segunda quinzena de setembro e revelou que, dessa vez, o reality terminará antes do Natal. Leia a entrevista:

R7 – É verdade que o prêmio foi para R$ 2 milhões?
Rodrigo Carelli –
A gente dobrou o prêmio de R$ 1 milhão para R$ 2 milhões. É uma coisa muito impactante. Até os participantes, que já estão contratados, ficaram sabendo dessa notícia hoje.

R7 – Você acha que esse novo prêmio aumentará a disputa entre os participantes?
Carelli –
Claro que é mais impactante para o participante e também para o telespectador. Com R$ 2 milhões na jogada fica mais sério perseguir esse objetivo. É muito mais difícil fingir que não é por isso que ele está ali. O alto valor tornará a competição mais acirrada. Para o público, é como acompanhar o grande desfecho de uma novela. O que estará em jogo é o maior prêmio de um reality de confinamento do Brasil. O objetivo deles será conquistar o público, que é quem decidirá tudo.

R7 – A lista de participantes já está fechada?
Carelli –
Já estamos com 15 participantes fechados.

R7 – Qual o perfil deles?
Carelli –
Tem gente com diferentes níveis de fama. Tem gente muitíssimo conhecida. Todos já estiveram na mídia de alguma forma. Tem ator, esportista, modelo, apresentador, repórter, personalidades da mídia em geral… Não tem nenhum anônimo. É óbvio que tem uns mais e outros menos conhecidos. A variedade de personalidades é importante, assim como os níveis de fama, para fazer o caldo entre os participantes.

R7 – Haverá alguma mudança de regra nesta edição?
Carelli –
As regras não vão mudar, mas vamos ter muito mais novidades. Vão ter coisas paralelas e surpresas. Os peões vão ser muito mais colocados à prova. Tanto no sentido da fazenda, como nas provas em que eles vão concorrer a prêmios extras, como carros e viagens. A gente vai ter algumas novidades dentro da mecânica para deixar a competição mais acirrada e mais quente.

R7 – De que tipo?
Carelli –
Vai ter algumas coisas extras, provas para as quais eles não estarão preparados. Por isso que eu não posso dizer para a imprensa. Porque os participantes não podem saber. Os segredos todos são mais por causa dos participantes.

R7 – Além de eliminar, o público também poderá interferir nas provas?
Carelli –
R7 vai ser nosso parceiro na interatividade com o público. Várias etapas de provas e novidades que vão acontecer vão ser decididas pelo público também. Como por exemplo, se uma prova precisa ser começada por uma pessoa, o público poderá definir quem vai ser o primeiro. O telespectador vai ter uma interação direta na mecânica do jogo.

R7 – O programa fica no ar até quando?
Carelli –
Vamos estrear na segunda quinzena de setembro e o programa vai até um pouco antes do Natal. Também teremos mudanças na estética da fazenda e também novos bichos, mas ainda não posso contar quais serão.

R7.com

A cobertura completa de “A FAZENDA 3” você confere no TV Foco

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Deivison Lima

Escreve sobre Televisão desde 2008