BARRADO

5 toneladas no lixo e ordem da ANVISA: A interdição urgente da Vigilância contra gigante dos alimentos


Vigilância Sanitária teve que jogar 5 toneladas de produto no lixo (Foto: Lixo)

Vigilância Sanitária teve que interditar às pressas 5 toneladas de produtos em condições insalubres

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, teve que interditar às pressas 5 toneladas de produtos após inspeção. Responsável pelo controle de qualidade tudo que é consumido no Brasil, ela tem parâmetros que as empresas devem exigir.

E sempre que algum estabelecimento passa por cima das ordens de qualidade da Anvisa, é interditada às pressas e só é liberada para operar novamente após cumprir os requisitos de são exigidos em sua legislação.

Anvisa (Reprodução/Internet)
Anvisa (Reprodução/Internet)

E no dia 31 de agosto de 2023, a Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) foi a responsável por interditar uma distribuidora de alimentos e saneantes clandestinos. No estabelecimento, a equipe de fiscalização também apreendeu 5 mil kg de produtos, perecíveis e não perecíveis, que estavam estragados e com prazos de validade vencidos e adulterados. As informações são do site oficial da Prefeitura de Maceió.

O chefe especial da Visa, Airton Santos, foi o responsável por liderar a equipe que autuou na inspeção e apreensão no estabelecimento no bairro Levada, em Maceió. Em depoimento, ele expôs as condições que encontrou ao ir no ambiente.

“O local estava totalmente fora das normas exigidas pela legislação sanitária. Não havia condições do estabelecimento funcionar, pois representava risco sanitário iminente. O proprietário só poderá reabrir o local após realizar todas adequações necessárias. Nosso intuito não é punir, mas sim promover a segurança e a saúde da população”, disse ele.

Veja também

Produtos em situação insalubre encontrado pela Vigilância Sanitária de Maceió (Foto: Divulgação)
Produtos em situação insalubre encontrado pela Vigilância Sanitária de Maceió (Foto: Divulgação)

O QUE FOI APREENDIDO NO LOCAL?

Entre os produtos, estavam açúcar, óleo de soja, água sanitária, sabão em barra e papel higiênico. O local possuía condições inadequadas de armazenamento e presença de roedores, escorpiões e baratas, representando um alto risco sanitário e infligia várias exigências de segurança da Anvisa.

O estabelecimento foi autuado e ficou de responder no processo administrativo, cuja penalidade inclui multa no valor de R$180,00 a R$19 mil. A empresa tinha o prazo de 30 dias para se regularizar e solicitar a desinterdição.

Produtos em situação insalubre encontrado pela Vigilância Sanitária de Maceió (Foto: Divulgação)
Produtos em situação insalubre encontrado pela Vigilância Sanitária de Maceió (Foto: Divulgação)

 

🚨 BBB24: Davi menosprezado por rivais + Globo "apaga" Bia + Mãe de Matteus desaprova Cunhã e é detonada    

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Eu sou Larisse Oliveira, sou graduanda em Engenharia Ambiental, pelo Instituto Federal do Ceará. Escrevo sobre o mundo dos famosos desde 2019 e amo cobrir o mundo da televisão, em especial o Programa Silvio Santos, que é meu favorito da TV. Faço matérias aos finais de semana e atualizo o público sobre tudo que está rolando na TV e nas redes sociais dos queridinhos do momento. Email: [email protected]