Globo

A pedido da Globo, juiz determina arrombamento da casa de famoso por dívida de 60 milhões: ‘Má-fé’

O empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro não negou dívida com a Globo, atribuída por ele à rede varejista (Reprodução)
O empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro não negou dívida com a Globo, atribuída por ele à rede varejista (Reprodução)

Fundador da Ricardo Eletro, Ricardo Nunes pode ter imóvel arrombado em ação movida pela Globo que cobra dívida milionária; ele nega “má-fé” no caso

O juiz Antônio Carlos Santoro Filho, da Justiça de São Paulo, acatou um pedido das Organizações Globo em processo movido contra o famoso empresário Ricardo Nunes, fundador da rede varejista Ricardo Eletro, em ação movida pela gigante de conglomerado de mídias brasileiro, na qual ela cobra uma dívida de um valor de pouco mais de R$ 60 milhões da rede varejista.

De acordo com informações do colunista Rogério Gentile, do UOL, o magistrado autorizou o arrombamento com força policial da casa do ex-dono da Ricardo Eletro, que fica localizado na Rua Portugal, no Jardim Europa, bairro nobre de São Paulo e uma das áreas com o metro quadrado mais caro do país.

+Daniel Adjuto ganha espaço na CNN Brasil e negociações com o SBT esfriam

+Galvão Bueno, após perder espaço na Globo, grava fora da emissora pela primeira vez

Na ação movida pelas Organizações Globo, a empresa pede a penhora de bens pessoais de Ricardo Nunes, como forma de quitar um débito no valor de R$ 61,2 milhões que ele deve ao canal por ter sido o avalista de sete notas promissórias emitidas em 2017 pela Ricardo Eletro em favor do grupo.

JUIZ ACATA PEDIDO DAS ORGANIZAÇÕES GLOBO

Ainda conforme o colunista do UOL, o fundador da Ricardo Eletro não nega a dívida que mantém com a Globo, e diz que o pagamento deverá ser feito no processo do plano de recuperação judicial da Máquina de Vendas, grupo que gere a rede varejista, uma das mais famosas do país. Ainda, ele negou à Justiça que tenha havido “má-fé ou dolo”.

Com a determinação do magistrado, que acatou pedido das Organizações Globo, o imóvel do empresário no bairro de luxo da capital paulista poderá ser arrombado caso Ricardo Nunes não permita a entrada do oficial de Justiça encarregado de penhora dos bens.

Desde 2018, o empresário não está mais no comando da Ricardo Eletro, rede varejista que ele fundou. A partir de então, a empresa passou por processo de recuperação judicial e foi comprada pela MV Participações. No dia 8 de julho deste ano, Ricardo Nunes foi preso em razão de investigação que aponta sonegação fiscal de R$ 387 milhões, mas foi solto no dia seguinte.

+Grazi Massafera, Isis Valverde? Atrizes travam guerra por papel de protagonista no remake de Pantanal: “Eu quero”

EMPRESÁRIO REBATE

Ao UOL, o fundador da Ricardo Eletro afirmou que não precisa arrombar sua residência e que ele abrirá “a porta para o oficial de Justiça só precisamos agendar”. O empresário também disse qu a dívida com a Globo é da Ricardo Eletro e destacou que “a empresa está passando por dificuldades, agravadas pela pandemia, mas vai pagar tudo direito”.

O empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro não negou dívida com a Globo, atribuída por ele à rede varejista (Reprodução)
O empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro não negou dívida com a Globo, atribuída por ele à rede varejista (Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco