Luto

Luto

Tumor no cérebro e doença fatal: A perda irreparável de 4 estrelas do Fantástico, Globo, que muitos não sabem

4 Apresentadores renomados de "O Fantástico", da Globo, já nos deixaram e muitos não sabem (Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco)
4 Apresentadores renomados de "O Fantástico", da Globo, já nos deixaram e muitos não sabem (Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco)

O Fantástico, um dos programas jornalísticos mais importantes da Globo, sofreu 4 perdas irreparáveis em seu elenco

O Fantástico é um dos principais programas jornalísticos da rede Globo. Atualmente apresentado por Maju Coutinho e Poliana Abritta, ele teve sua grande estreia no ano de 1973.

Com uma proposta diferente, ele foi um grande marco da televisão brasileira, funcionando até hoje como uma revista eletrônica de variedades, reunindo fatos do jornalismo com  entretenimento.

O Fantástico atualmente é apresentado por Maju Coutinho e Poliana Abrita (Foto Reprodução/Internet)
O Fantástico atualmente é apresentado por Maju Coutinho e Poliana Abrita (Foto Reprodução/Internet)

Ao longo dos anos, o programa cuja alcunha é de “O Show da Vida”, infelizmente perdeu muitas estrelas que compunham o seu elenco de profissionais.

Dentre eles, separamos 4 nomes que se foram e, cujas perdas irreparáveis, até hoje choca e deixa muitos desacreditados.

Leila Cravo

A atriz e apresentadora Leila Cravo, fez um enorme sucesso durante anos em produções da Globo, mas ficou marcada para sempre na história, após um terrível e traumático episódio da sua vida.

Veja também

Vale destacar, que esse fato foi tão chocante que a Globoplay produziu um podcast voltado a contar o que ela passou, denominado como  “Leila”, apresentado por Leandra Leal e que também está disponível em toda as plataformas digitais  de áudio.

Leila Cravo entre Sandra Bréa e Aracy Balabanian em cena da novela "Corrida do Ouro", da TV Globo, que foi ao ar de 1974 a 1975 (Foto Reprodução/Arquivo / Agência O Globo)
Leila Cravo entre Sandra Bréa e Aracy Balabanian, em cena da novela “Corrida do Ouro”, da TV Globo, de 1974 (Foto Reprodução/Arquivo / Agência O Globo)

No ano de 1975, a atriz que era considerada sex symbol, e apresentava alguns quadros do Fantástico, e até mesmo novelas, gerou o maior alvoroço depois de despencar de maneira misteriosa de uma suíte presidencial de um motel, localizado na Avenida Niemeyer, zona sul do Rio de Janeiro.

A atriz sobreviveu a uma queda de 18 metros, algo que é equivalente a um prédio de cinco andares.

1-A verdade exposta

Porém, no ano de 2018, em entrevista ao Domingo Show, da Record,  a famosa deu a sua versão da história, dizendo ter sido vítima de uma violência.

Ela relatou que estava com um rapaz num dos quartos, quando entrou na piscina, e em seguida viu que havia mais dois homens no local. Um deles, segundo ela, era ministro, porém, ele não teve a sua identidade revelada.

“Cala a boca, fica quieta, não adianta gritar que ninguém vai ouvir. E, se ouvir, ninguém vai te socorrer porque o poder aqui sou eu”  -Teria falado os envolvidos segundo ela

Corpo de Leila encontrado um lençol na rua, na frente do motel, na Avenida Niemeyer (Foto Reprodução: Arquivo O Globo / Agência O Globo)

Depois de ter um revólver apontado para a sua cabeça, ela acabou apagando. Horas depois, ela contou ter sido encontrada da forma como acabou sendo divulgado. O exame de corpo de delito mostrou que ela foi violentada com uma barra de ferro:

“Se eu tivesse me jogado, se eu tivesse sido jogada, eu teria caído no mar. Um corpo com mais de 50 quilos projetado para frente, ele não volta para trás no caminho” – Explicou a atriz que continuou:

“Foi como se houvesse um complô para me matar profissionalmente, nacionalmente”

2-Morte

Após o ocorrido, Leila Cravo acabou deslumbrando o gosto amargo do fim de sua carreira, pois, a mesma encontrou dificuldades para outros trabalhos, sendo excluída da TV.

Além disso ela teve politraumastismo e ficou em coma por alguns dias, chegando a perder o paladar, o olfato e 95% da visão do olho esquerdo.

De acordo com informações do UOL, Leila Cravo, morreu no ano de 2020, aos 66 anos de idade, após passar mal e ser internada com pneumonia e fortes dores abdominais, tendo que passar dez dias no hospital com infecção generalizada, ou seja sepse.

Leila Cravo, ex muda da Globo e que chegou a fazer parte de O Fantástico, morreu aos 66 anos após pneumonia (Foto Reprodução/Internet)
Leila Cravo, ex muda da Globo e que chegou a fazer parte de O Fantástico, morreu aos 66 anos após pneumonia (Foto Reprodução/Internet)

Carlos Amorim

O jornalista e escritor Carlos Amorim, ganhou notoriedade nos anos 90 após entrar como diretor de jornalismo da Globo no Rio e em São Paulo e de programas como o Fantástico, Jornal Hoje, Jornal da Globo e Jornal Nacional,.

Além disso ele chegou a ganhar  um Prêmio Jabuti de literatura na categoria de Reportagem.

Ele que ficou por 19 anos de Grupo também passou por emissoras como Manchete, Band News, TV Record, SBT e TV Brasil, além de ter trabalhado em diversos documentários. Ele deixa a mulher e quatro filhos. A cremação será realizada em cerimônia restrita à família.

Carlos Amorim (Foto Reprodução/Globonews)
Carlos Amorim (Foto Reprodução/Globonews)

Como escritor, Carlos Amorim foi premiado na categoria Reportagem do Prêmio Jabuti em 1994, pelo livro Comando Vermelho (Editora Record), e ficou em 2.º lugar na mesma categoria com Assalto ao Poder – O Crime Organizado (editora Record), em 2011.

Nos últimos anos, Carlos Amorim se dedicava a projetos independentes para o cinema, a TV e internet.

De acordo com a Folha de S.Paulo, esse estimado jornalista faleceu aos 71 anos de idade, no dia 21 de outubro de 2023.

Apesar da causa da morte não ter sido revelada, de acordo com o portal Uol, uma de suas filhas fez menção a um câncer, com o qual o jornalista teria sido diagnosticado.

Glória Maria

Uma das mortes que mais chocou o país, nos últimos tempos, foi a de Glória Maria. De acordo com o portal G1, ela acabou vitimada por um tumor no cérebro,  no dia 02 de fevereiro de 2023, aos 73 anos de idade.

Vale dizer que a jornalista havia lutado contra um câncer no pulmão no ano de 2018, e fez um bem-sucedido tratamento com imunoterapia.

Tempos depois, ocorreu metástase no cérebro, e a jornalista teve de passar por cirurgia, que também teve êxito.

Em meados do ano passado de 2022, Glória Maria começou uma nova fase do tratamento para combater novas metástases cerebrais que, infelizmente, deixou de fazer efeito e ceifou a vida de Glória, que morreu no Hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio.

Trajetória de sucesso

Glória Maria, que tem a palavra glória até no nome, foi pioneira inúmeras vezes. Ela foi a primeira a entrar ao vivo e em cores no “Jornal Nacional”, mostrou mais de 100 países em suas reportagens e protagonizou momentos históricos.

Um fato interessante sobre ela é que na década de 70, em meio à ditadura militar no brasil, um dos momento históricos mais difíceis, principalmente pra o jornalismo brasileiro, devido à censura, ela foi indicada por uma amiga para ser radio-escuta da Globo do Rio.

Glória Maria e Pedro Bial no Fantástico (Foto Reprodução/Internet)
Glória Maria e Pedro Bial no Fantástico (Foto Reprodução/Internet)

Naquele tempo sem internet, ela corajosamente descobria o que acontecia na cidade ouvindo as frequências de rádio da polícia e fazendo rondas ao telefone, ligando para batalhões e delegacias.

Na Globo, tornou-se repórter numa época em que os jornalistas ainda não apareciam no vídeo. A estreia como repórter foi no ano de 1971, na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro.

De 1998 a 2007, ela apresentou o Fantástico e, desde 2010, integrava a equipe do Globo Repórter. Seu pioneirismo é reconhecido como inspiração para mais de uma geração de mulheres negras.

José Itamar de Freitas

Nos anos 80, sob a direção de José-Itamar de Freitas, o dominical Fantástico virou um programa mais voltado para variedades e música. Foi daí que surgia a alcunha de “O Show da Vida”.

Sob o seu comando, o programa se tornou a principal vitrine da canção brasileira e de atrações internacionais no Brasil, com a exibição de videoclipes exclusivos todos os domingos.

José-Itamar de Freitas
José-Itamar de Freitas (Foto Reprodução/Internet)

Foram 16 anos de uma parceria vitoriosa, quase sempre na direção geral do programa.

José-Itamar de Freitas classificava as reportagens apresentadas todos os domingos como “um meio-termo entre o Globo Repórter e os telejornais diários”.

Para ele, era importante aliar a capacidade de emocionar com a informação precisa. José-Itamar deixou a direção-geral do programa, em junho de 1991, para ser o diretor de reportagens da Central Globo de Jornalismo.

De acordo com o G1, ele estava com 85 anos quando morreu, após ser internado no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio, no dia 01 de julho de 2020, após complicações devido à doença mortal da Covid-19, segundo parentes.

Quais foram os principais apresentadores do Fantástico?

Conforme informado pelo portal Wikipédia, entre os principais apresentadores que já passaram pelo programa, além de Cid Moreira e Sérgio Chapelin, estão também:

  • Valéria Monteiro
  • Dóris Giesse
  • Celso Freitas
  • Marcos Hummel
  • Sandra Annenberg
  • Pedro Bial
  • Glória Maria
  • Patrícia Poeta
  • Zeca Camargo
  • Renata Ceribelli

Como mencionamos, atualmente ele é apresentado por Poliana Abritta e Maju Coutinho.

No dia 14 de novembro de 2021 Tadeu Schmidt despediu-se do programa depois de quatorze anos, para apresentar o Big Brother Brasil 22, sendo substituído por Maju a partir do domingo seguinte.

 Também substituindo Tadeu, Alex Escobar assumiu a apresentação do fixo Gols do Fantástico.

 

🚨 Isabelle agora é ESCORRAÇADA + Rodriguinho CRAVA Davi traído + Susana Vieira DETONA colegas 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Quem escreve

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras. Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ... Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.