FIM DE UMA ERA!

Descanse em paz: 7 redes gigantes de mercado baixam as portas, decretam falência e deixam clientes devastados

28/06/2024 às 21h31

Por: Kelves Araújo
Imagem PreCarregada
7 redes gigantes de mercado baixam as portas e decretam falência - Foto: Internet

As 7 redes de mercados tradicionais acabaram baixando às portas após anos de atividade no Brasil e deixaram os clientes devastados

O setor de varejo, sem sombra de dúvidas, é um dos que mais movimenta a economia no Brasil. Vale lembrar que, algumas marcas disparam na frente e dominar o mercado nacional nesse setor, como é o caso do Grupo Carrefour, Pão de Açúcar, Assaí Atacadista e muitas outras redes que vem conquistado cada vez mais espaço.

Todavia, além do sucesso de várias empresas, existe também o fracasso de outras, como é o caso de 7 redes gigantes de mercado que baixaram as portas, decretaram falência e deixaram os clientes devastados. Confira a seguir:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Supermercados Peg Pag

A rede foi uma queridinha de São Paulo, inaugurada no ano de 1954 e sendo, inclusive, um dos nomes mais conhecidos do ramo até 1978. Porém, em 1960, o Grupo Pão de Açúcar passou a ser um concorrente de grande peso da companhia, fazendo com que ela reforçasse toda a sua estrutura em SP.

Continua após o Veja Também

Veja também

Até o ano de 1978, a Peg Pag foi um dos nomes mais conhecidos do ramo, como dito acima. Porém, naquele ano a rede entrou em falência e foi arrematada pelo GPA. A aquisição foi estimada em 250 milhões de cruzeiros, segundo informações do site ‘Varejo em Dia’.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Hipermercado Peg-Pag (Reprodução/SJC Antigamente)
Hipermercado Peg-Pag (Reprodução/SJC Antigamente)

Supermercados Disco

Pioneira nas redes de supermercado à semelhança do modelo americano, a Distribuidora de Comestíveis Disco S.A abriu sua primeira loja em Copacabana, chegando a ter 60 mercados pelo Brasil. Além disso, a empresa criou os primeiros hipermercados do RJ.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O sucesso parecia ser uma grande realidade, mas, no ano de 1990, Antônio do Amaral, proprietário da rede, vendeu os supermercados para o Grupo Paes Mendonça, de acordo com o portal ‘Rio Memórias’.

Supermercados Disco teve a falência decretada - Foto: Internet
Supermercados Disco teve a falência anunciada – Foto: Internet

Rede Sendas

Na lista de gigantes que decretaram falência, temos ainda a rede Sendas Supermercado, que foi uma companhia de supermercados do Brasil, fundada nos anos 20, no estado do Rio de Janeiro, e que ganhou força a partir de 1960, quando Arthur Sendas assumiu os negócios da família com 16 anos. Em dezembro de 2003, o Grupo Pão de Açúcar anunciou a compra de quase metade do capital.

Mas, diante tanto sucesso, uma verdadeira tragédia marcou o fim da empresa. Acontece que, segundo o jornal Extra, o empresário Arthur Sendas, dono do negócio, acabou sendo assassinado dentro do apartamento com um tiro na cabeça.

Assim, no dia (13) de maio de 2010, o jornal O Globo anunciou a decisão do Grupo Pão de Açúcar de extinguir a marca até o fim de 2011, marcando uma espécie de falência da marca. Desde então, suas lojas passaram para bandeira do Pão de Açúcar.

Loja da Sendas Distribuidora - foto: Reprodução/Internet
Loja da Sendas Distribuidora – foto: Reprodução/Internet

Sé Supermercados

Em 1954, a empresa ‘Sé Supermercados’ foi fundada, e rapidamente cresceu pelo Brasil. Entretanto, com a virada do século, o grupo português Jerônimo Martins, que eram donos da empresa, acabaram se afundando em dívidas.

Assim, a única saída encontrada foi a venda de 100% de seus negócios. Dessa forma, no mês de junho de 2022, a marca foi comprada pelo grupo Pão de Açúcar, por R$ 400 milhões. Depois da aquisição, o GPA promoveu mudanças e transformou as lojas da ‘Sé Supermercados’ em Extra, Pão de Açúcar e Compre Bem Barateiro.

Com a venda, o ex-dono da rede Sé conseguiu quitar os passivos para o final do ano de 2002, já que a dívida acumulada estava na casa de R$ 1,3 bilhões de euros.

Venda de rede de supermercados gigante acaba de ser anunciada - Foto: Reprodução/Internet
Sé Supermercados foi vendido ao Pão de Açúcar – Foto: Reprodução/Internet

Jumbo Eletro

Além disso, também podemos falar da JumboEletro. Sua história começou quando o Grupo Pão de Açúcar decidiu, em 1976, adquirir a Eletroradiobraz, uma das maiores empresas do varejo na época. Segundo a CNN, após a aquisição, o público passou a chamar os supermercados de Pão de Açúcar e os hipermercados, como Jumbo Eletro.

Como parte da reestruturação empresarial, o Grupo Pão de Açúcar decidiu desativar a loja Jumbo e o supermercado passou a se chamar Extra, marcando uma espécie de falência da marca.

Jumbo Eletro (Foto: Divulgação)
Jumbo Eletro (Foto: Divulgação/Internet)

Barateiro Supermercados

O Barateiro Supermercados foi outra rede tradicional que fez bastante sucesso pelo Brasil. Ela possuia 32 lojas e faturamento anual de R$ 573,5 milhões. Dessa forma, a gigante acabou se tornando um alvo do Grupo Pão de Açúcar que, após quase cinco meses de negociações, comprou o Barateiro, segundo informações da Folha de S. Paulo do dia (19) de maio de 1998, Vale dizer que, o valor do investimento não foi divulgado.

Supermercado - Foto: CANVA
Supermercado – Foto: CANVA

Supermercados Gimenes

Outro gigante que teve o fim decretado foi o Supermercados Gimenes. Segundo o UOL, depois de garantir o sucesso e abrir diversas unidades pelo país, a rede acabou sucumbindo à crise e entrou em um processo de recuperação judicial em dezembro de 2008.

Diante a situação aterrorizante, a empresa acabou vendendo suas 23 unidade em 17 municípios para a Associação Ricoy, da capital paulista, sexto maior grupo de supermercados do Estado.

Supermercados Gimenes - Foto: Internet
Supermercados Gimenes – Foto: Internet

Qual a maior varejista do Brasil?

O Carrefour (CRFB3) é a principal empresa de varejo no Brasil, tendo registrado um faturamento de R$ 108 bilhões no ano de 2022, de acordo com um estudo da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC).

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

supermercado falência
Kelves Araújo

Autor(a):

Eu sou Kelves Araújo, graduando em Engenharia de Produção Civil pelo IFCE. Apaixonado pelos bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos e escrever a respeito. Atuo na área desde o ano de 2019, e exerço meu trabalho com muito entusiasmo por gostar do que faço. Minhas redes sociais são: e-mail: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.