Alcione

Alcione (Reprodução)
Alcione (Reprodução)

Alcione

Alcione Dias Nazareth, nasceu em São Luís/MA, no dia 21 de novembro de 1947.

Biografia

Alcione é conhecida como a Rainha do Samba.

O nome de batismo foi ideia do pai, inspirado na personagem Alcíone, do romance Renúncia, psicografado por Chico Xavier.

Carreira

Alcione fez sua primeira apresentação já aos doze anos, incentivada pelo pai, que foi mestre da banda da Polícia Militar do Maranhão e professor de música.

Foi ele quem lhe ensinou, aos 9 anos, a tocar diversos instrumentos de sopro, como o trompete e clarinete.

Aos 18 anos de idade, se formou como professora primária na Escola de Curso Normal. Lecionou por dois anos, quando foi demitida por ensinar a seus alunos como se tocava trompete.

Após a demissão, passou a se dedicar à música.

Através de um sorteio, conseguiu uma vaga e se apresentou na TV do Maranhão. Ficou fixa na TV, se apresentando, dos anos 1960 até o início dos anos 1970.

Além de cantar na TV, também cantava em bares e boates em várias cidades do Maranhão.

Em 1972, se mudou para o Rio de Janeiro, onde começou cantando na noite,  em boates e bares da cidade.

Se inscrevendo em programas de calouros, e foi sendo chamada para se apresentar.

Alcione visitou a quadra da Mangueira pela primeira vez em 1974 e logo foi convidada a desfilar. Desde então, a cantora é membro destacado da escola.

Em 1987, participou da fundação da escola de samba mirim Mangueira do Amanhã, e hoje é presidente de honra do grupo.

Alcione já interpretou sambas de exaltação às escolas de samba: Estação Primeira de Mangueira, Mocidade Independente de Padre Miguel, Imperatriz Leopoldinense, União da Ilha do Governador, Beija-flor de Nilópolis e Portela.

Em 2018, a escola de samba Mocidade Alegre de São Paulo, homenageou os 70 anos de vida e os 45 anos de carreira de Alcione, com o enredo A voz marrom que não deixa o samba morrer.

Vida pessoal

Alcione nunca se casou, apenas manteve relacionamentos estáveis.

A cantora descobriu que não poderia ser mãe devido a endometriose e a síndrome do ovário policístico.

Tentou tratamentos laboratoriais, como inseminação, além de operações espirituais, mas não obteve êxito em nenhuma tentativa.

Devido a um tumor na laringe, desenvolveu uma paralisia nas cordas vocais. Operada espiritualmente em um centro kardecista, ficou calada por três dias e  se curou.

A partir deste milagre, parou de consumir álcool e devido a cura de sua garganta, se converteu ao espiritismo.

Discografia

1975 – A Voz do Samba

1976 – Morte de Um Poeta

1977 – Pra Que Chorar

1978 – Alerta Geral

1979 – Gostoso Veneno

1980 – E Vamos à Luta

1981 – Alcione

1982 – Dez Anos Depois

1982 – Vamos arrepiar

1983 – Almas e Corações

1984 – Da cor do Brasil

1985 – Fogo da vida

1986 – Fruto e raiz

1987 – Nosso nome: resistência

1988 – Ouro & Cobre

1989 – Simplesmente Marrom

1990 – Emoções Reais

1991 – Promessa

1992 – Pulsa, coração

1994 – Brasil de Oliveira da Silva do Samba

1995 – Profissão: Cantora

1996 – Tempo de Guarnicê

1998 – Celebração

1999 – Claridade

2000 – Nos Bares da Vida – ao vivo

2001 – A Paixão tem Memória

2004 – Alcione – Duetos

2004 – Faz Uma Loucura por Mim

2005 – Faz Uma Loucura por Mim – Ao Vivo

2005 – Alcione e Amigos

2005 – Uma Nova Paixão

2006 – Uma Nova Paixão – Ao Vivo

2007 – De Tudo Que eu Gosto

2009 – Acesa

2011 – Duas Faces – Jam Session – ao vivo

2013 – Eterna Alegria

2014 – Eterna Alegria – Ao Vivo

2015 – Grandes encontros – Ao vivo

2017 – Boleros- Ao vivo

Filmografia

Televisão

1997 – Por Amor – Participação

2007 – Amazônia, de Galvez a Chico Mendes – Lady Brown

2011 – Zorra Total – Participação

2012 – Cheias de Charme – Participação

2013 – Salve Jorge – Participação

2015 – Mister Brau – Tia Marizilda

2017 – A Força do Querer – Participação

Prêmios e indicações

2000 – Grammy Latino – Melhor Álbum de Samba/Pagode – Claridade – Indicada

2003 – Grammy Latino – Melhor Álbum de Samba/Pagode – Ao Vivo – Vencedora

2003 – Troféu Imprensa – Melhor Cantora – Indicada

2006 – Grammy Latino – Melhor Álbum de Samba/Pagode – Uma Nova Paixão – Ao Vivo – Indicada

2010 – Grammy Latino – Melhor Álbum de Samba/Pagode – Acesa – Indicada

2012 – Grammy Latino – Melhor Álbum de Samba/Pagode – Duas Faces: Ao Vivo na Mangueira – Indicada

2012 – Prêmio Contigo! MPB FM – Melhor Álbum de Samba – Duas Faces: Ao Vivo na Mangueira – Indicada

2012 – Prêmio Contigo! MPB FM – Melhor Cantora – Indicada

2013 – Prêmio Contigo! MPB FM – Melhor Álbum de Samba – Eterna Alegria – Indicada

2013 – Prêmio Contigo! MPB FM – Melhor Cantora – Indicada

2014 – Prêmio Contigo! MPB FM – Melhor Cantora – Indicada

2015 – Grammy Latino – Melhor Álbum de Samba/Pagode – Eterna Alegria – Ao Vivo – Indicada

2015 – Prêmio da Música Brasileira – Melhor Cantora de Samba – Vencedora

Fotos de Alcione

Principais notícias

Alcione quebra todos protocolos, parte para o ataque e surge irritada com Bolsonaro: “o senhor tem medo de facada”

Alcione sofre acidente, cai de escada rolante e é socorrida às pressas para o hospital

Alcione comemora novo aniversário e choca a todos com novo visual

Alcione canta para Arlindo Cruz, presta homenagem emocionante e faz todo mundo chorar

Ludmilla e Alcione são pegas juntas dentro de banheira e explicação para ocorrido é reveladora