Fernando e Sorocaba

CelebridadesFernando e Sorocaba

Alexandre Borges, aos 56, vai à TV, confirma doença avassaladora sem cura e expõe prazo para morrer: “2 anos”

Alexandre Borges (Reprodução)
Alexandre Borges (Reprodução)

De acordo com ator, sua mãe gostaria de vê-lo em seus trabalhos na TV e no teatro

Em setembro do ano passado, Alexandre Borges lidou com uma das piores dores de sua vida íntima: a morte da mãe, Rosa Linda Maria. Na época, ele havia parado com seus trabalhos para cuidar da matriarca.

Em 2019, o artista descobriu que a mãe tinha uma doença avassaladora e sem cura: o Mal de Alzheimer. 

Durante uma entrevista ao “É de Casa”, da Globo, o famoso de 55 anos falou sobre a experiência cruel.

ATOR CONFIRMA DOENÇA NA TV

“Eu descobri que ela tava ‘mais grave’ que o habitual [para a idade], ela teve um AVC e tava começando a desenvolver Alzheimer”, começou o Alexandre Borges.

Por conda da pandemia da Covid-19 e da doença de sua mãe, o ator passou a ficar mais tempo em São Paulo, uma vez que sua mãe tinha apenas mais alguns anos de vida, no máximo 2. 

Veja também

VOLTA PARA TRABALHO APÓS MORTE DE MÃE

Em setembro de 2021, Dona Rosa faleceu aos 83 anos. Após a perda irreparável, ele retornou com seus trabalhos.

Em entrevista ao “A Tarde é Sua, da RedeTV!”, Alexandre Borges falou da mãe em meio às lágrimas.

“Se minha mãe estivesse aqui, ela estaria muito feliz e muito orgulhosa. Ela tinha sempre uma alegria muito grande de me ver nos teatros”, começou o ator, que continuou:

“Então, eu procuro seguir isso, porque o lado físico é o que se foi, a existência dela. Mas o lado espiritual fica”, assumiu o artista.

Na sequência, ele agradeceu o carinho do público e falou da importância da união para falar sobre o Alzheimer, que afeta milhares no Brasil e no mundo.

VÍDEO YOUTUBE: Escândalo! Gusttavo Lima usa mais de R$ 1 milhão de dinheiro público 

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários