Celebridades

Alexandre Frota é acusado de comandar grave esquema de corrupção e detalhes do crime vêm à tona

O deputado federal Alexandre Frota está sendo acusado de corrupção (Foto: Divulgação)
O deputado federal Alexandre Frota está sendo acusado de corrupção (Foto: Divulgação)

Um dos maiores aliados do presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, o deputado-federal Alexandre Frota (PSL-SP) foi acusado de algo parecido com o que o filho do presidente, Flávio Bolsonaro, vem sendo investigado. De acordo com a Folha de S.Paulo, um ex-motorista do deputado, Marcelo Ricardo Silva, afirmou ao Ministério Público de São Paulo que, a pedido do parlamentar, a titularidade de empresas que eram de Frota em troca de compensações.

Segundo o jornal, Marcelo afirmou ao órgão que Frota lhe conseguiu um emprego na TV Nova Cidade e naquele mesmo ano pediu que ele entrasse como dono em duas empresas: a F. R. Publicidade e Atividades Artísticas e a DP Publicidade Propaganda e Eventos Ltda. “Ele [Frota] falou: eu tenho essas duas empresas minhas. Vou passar para o teu nome, e vou te dar uma porcentagem. Eu falei beleza, tá bom, crente que ia ganhar alguma coisa”, disse o ex-motorista.

+Bolsonaro apunhala Neymar pelas costas dias após visita e toma decisão radical quanto ao jogador

+Tadeu Schmidt surpreende filha com festão de aniversário, mas detalhe choca todos os presentes

+Najila Trindade entra em contradição e nova mentira sobre Neymar é escancarada

Marcelo contou que fazia depósitos na conta da esposa de Alexandre Frota. “Ele não falava em dinheiro. Dizia que vai ter um show e estou precisando dos ingressos. O Frota mandava eu cobrar os ingressos. Um cara do Rio de Janeiro já sabia que era o dinheiro que tinha que depositar. Ele depositava picado. Caía na minha conta e ele passava: ‘os ingressos já foram emitidos.’ Eu já sabia que era para ir no banco sacar o dinheiro e transferir para a esposa dele [Fabiana]”, disparou.

Alexandre Frota (Foto: Henrique Barreto/Futura Press)

Em entrevista à Folha, Marcelo contou que trabalhou com o deputado na época da campanha e que ele o orientava a fazer panfletagem. Em áudio enviado pelo ex-motorista ao jornal, o ex-ator questiona sobre uma operação. “Distribuiu o santinho? Como está a operação distribuição de santinho?“, questionou Frota na ocasião. “Eu recebi [durante a campanha] o salário diretamente do empresário, quem tinha que pagar era o empresário”, disse ainda o ex-motorista.

+Demitida do Domingão do Faustão após polêmica de idade, famosa implora por chance na TV

Em resposta às acusações, Alexandre Frota nega que Marcelo tenha lhe prestado serviços para campanha. “Da pretensa relação em campanha: não houve, pois [Marcelo Silva] nunca atendeu a campanha eleitoral. De outro modo, a sua relação era trabalhista, como motorista, com registro em carteira, para atendimento doméstico, de Alexandre [Frota] e de sua família”, disse. Ele ainda contou que o ex-funcionário “ligou para dezenas de pessoas do relacionamento pessoal de seu ex-chefe, com discurso vitimista” e que tem provas a serem enviadas ao MP.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.