EITA

Ameaça de falência urgente: Maior rival da Vivo luta pela segunda vez contra o fim e tem desfecho confirmado

02/06/2024 às 21h50

Por: Kelly Araújo
Imagem PreCarregada
Rival da Vivo enfrenta processo de falência pela segunda vez (Foto: Reprodução/ Internet)

Rival da Vivo no Brasil passa pela segunda vez pela luta para não fechar as portas

Abrir um negócio não é uma das tarefas mais fáceis do mundo. Isso porque uma série de situações pode levar ao fim de um grande empreendimento. Nessa matéria, por exemplo, falaremos sobre uma rival da Vivo que está lutando pela segunda vez contra a falência. A notícia pegou todo mundo de surpresa, visto que o tempo de um pedido de recuperação judicial para o outro foi bastante curto e preocupante.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Para quem não sabe, estamos falando da Oi, que durante muitos anos esteve entre as grandes operadoras de celulares em funcionamento no Brasil. A rival da Vivo, para quem não sabe, vem se arrastando em uma recuperação judicial ao longo dos últimos anos. Segundo o portal Seu Dinheiro, ela entrou com seu primeiro pedido judicial em 2016.

Falência e rival da Vivo (Foto: Reprodução / Canva)
Falência e rival da Vivo (Foto: Reprodução / Canva)

Em meados de dezembro de 2022, a recuperação judicial foi formalmente encerrada. Mas, o inesperado aconteceu em abril deste ano. De acordo com informações do portal G1, a Oi obteve em abril a aprovação de seu plano de recuperação judicial por credores, o segundo processo consecutivo enfrentado pela companhia desde que um primeiro pedido em 2016.

Vivo (Foto: Reprodução / Internet)
Vivo (Foto: Reprodução / Internet)

Na última semana, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro informou que homologou o plano de recuperação judicial. A decisão da juíza Caroline Rossy Brandão Fonseca, em exercício na 7ª Vara Empresarial do Rio, porém, faz uma ressalva em relação a três cláusulas do plano que tratam, entre outras questões, da “novação dos créditos e do compromisso de não litigar”, disse o tribunal em comunicado.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Operadora Oi enfrenta nova crise e pedido de recuperação judicial (Foto: Reprodução/ Internet)
Operadora Oi enfrenta nova crise e pedido de recuperação judicial (Foto: Reprodução/ Internet)

“Esses pontos somente surtirão efeito para os credores que aprovaram o plano de recuperação judicial, sem nenhuma ressalva”, acrescentou o comunicado. Sob o plano, os credores terão 30 dias ou 20 dias, conforme a opção de pagamento, contados da data da homologação, para novamente analisar o aspecto econômico-financeiro de seu crédito e optar pela melhor opção de pagamento.

Veja também

Qual a diferença entre falência e recuperação judicial?

Ambos os institutos têm como objetivo a satisfação de dívidas de uma empresa. Contudo, a principal diferença está na continuidade ou não do empreendimento. No caso da recuperação judicial, se ganha tempo para recuperar a capacidade de gerar resultados na empresa.

🚨 Didi na Globo + Ana Maria explode em indireta contra Global + Funcionária de Davi DETONA ele e irmã 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Eu sou Kelly Araújo, formada em Biologia pelo IFCE e atualmente estudo Engenharia de Produção Civil na mesma instituição. Escrevo sobre televisão e o universo dos famosos desde o ano de 2014. Sou apaixonada por falar sobre os bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos nas redes sociais e amo assistir um reality show de confinamento. Minhas redes são: Email: kelly.araujo@otvfoco.com.br

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.