Celebridades

Após atacar igrejas, Ana Paula Valadão surge aos prantos e confirma drama terrível: “Estou estragada”

Ana Paula Valadão (Foto: Instagram)
Ana Paula Valadão aparece ao prantos e expõe drama (Foto: Instagram)

Ana Paula Valadão surge aos prantos em vídeo

Ana Paula Valadão surgiu aos prantos nas redes sociais ao falar de uma instituição que ajuda pessoas em situação de calamidade. Por meio do stories ela divulgou e não deixou de se emocionar.

A cantora falou sobre o projeto que visa atender uma comunidade carente e fez uma live mostrando o foco do projeto. Quem acompanha Ana Paula Valadão sabe que ela é engajada em causas sociais e faz questão de expor aos seguidores a importância de está à frente de algo que ampare as pessoas.

+Daniel surge em vídeo revelador após anos e assume que procura parceiro: “Fiel e versátil”

+Gusttavo Lima inicia show com música gospel, mas é pego no flagra com frase indecente: “Bucet4”

Nos stories ela surgiu muito emocionada. “Meu Deus estou estragada, já usei vários lencinhos nessa live”, disse ela. Assim como muitos artistas, Ana Paula Valadão tem feito lives e vem em algumas cantora, outra pregando para os seus seguidores. Muito ligada a religião, ela sempre ressalta a importância de ter fé nesse momento.

Recentemente ela foi as redes sociais fazer uma dura crítica para aquelas igrejas que permaneceram abertas mesmo com as recomendações de se evitar aglomerações. Ana Paula Valadão não deixou de detonar quem não seguiu as regras.

“Denúncia! Não sou profeta do caos, mas sou uma voz pela sensatez. Cuidado com a religiosidade que está ameaçando o bom senso”, disse a cantora, que ainda ressaltou: “Nós temos uma responsabilidade para com as pessoas que nos ouvem. Se estão dizendo que você deve ir à cada de Deus porque lá é o lugar do socorro de Deus, se não estão cancelando as reuniões, os ajuntamentos, não siga as instruções desses líderes. Nós somos chamados a uma fé racional, uma fé sensata”.

Ana Paula Valadão (Foto: Reprodução)
Valadão fez vídeo emocionante  (Foto: Reprodução)

 

Guerra com Silas Malafaia

 

“As religiões têm tratamento diferenciado na Constituição brasileira. O lugar do culto é inviolável e tem a proteção do Estado. Um monte de prefeito e governador baixando decreto para fechar igreja, mas não tem autoridade para fazer isso. Se eu não me manifesto, qualquer governador ou prefeito ia se achar no direito de fechar igreja. Pode parar culto, mas não se fecha igreja. A Justiça reconhece que a igreja é um hospital espiritual e emocional”, comentou o pastor.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Larisse Oliveira

Interessada no meio artístico e por dentro do mundo dos famosos, trabalho trazendo as novidades dos artistas.