Record

Âncora abandona jornal ao vivo e Record se desespera para achar substituto às pressas

Logo da RecordTV (Foto: Reprodução)
Logo da RecordTV (Foto: Reprodução)

A Record passou por apuros ao ter que lidar com a desistência de um âncora que decidiu abandonar a apresentação dois minutos antes de entrar no ar.

+Nicole Bahls faz duras revelações sobre trabalho das Panicats e verdade destruidora sobre o Pânico é revelada

Segundo informações do jornalista Rick Souza, a emissora de Edir Macedo precisou mostrar bastante jogo de cintura após um de seus principais âncoras desistirem de ir ao ar.

+Verão 90: Vanessa faz perigosa aliança com Mercedes

O tal âncora, que estava contando os segundos para entrar no ar, simplesmente tirou o seu microfone e comunicou que não iria ao ar, avisando que estava indo embora.

+Demitido da Globo, Fernando Rocha participa de programa em emissora concorrente e surpreende com atitude

A produção teve que chamar um intervalo de 10 minutos após a virada local e se desdobrar para encontrar um novo apresentador nesse tempo.

Questionado sobre a identidade do tal âncora da Record, o jornalista afirmou que se tratava de um apresentador que recentemente chocou com o seu “volume” na sunga.

+Sucesso no passado, Gaby Spanic bate o martelo e volta a interpretar A Usurpadora

O TV Foco fez a apuração e relembrou o caso do apresentador do Balanço Geral de Curitiva, Gilberto Ribeiro, que chocou os internautas ao posar de sunga nas redes sociais.

Gilberto Ribeiro (Foto: Divulgação)

MAIS SOBRE A RECORD

Record sofre atentado e Globo tem incêndios no estúdios; funcionários se apavoram e pânico toma conta da situação Foto: Reprodução
Record sofre atentado e Globo tem incêndios no estúdios; funcionários se apavoram e pânico toma conta da situação Foto: Reprodução

Recentemente, nós aqui do TV FOCO demos a notícia de que a emissora Record teria sofrido um atentado durante a gravação de uma matéria onde um carro acabou pegando fogo e repórteres foram atacados, a Globo, foi outra emissora que sofreu com incêndios e acabou aterrorizando funcionários.

Uma equipe da Record TV foi alvo de um atentado promovido por traficantes nesta segunda-feira (6). O caso ocorreu na capital do Espírito Santo, na cidade de Vitória. A equipe jornalística do canal cobria uma grande operação criminal na região, quando tudo aconteceu. A informação foi confirmada pelo portal de notícias R7 e repercutiu em outros sites.

Celso Portiolli e Eliana desbancam a Record e colocam o SBT na vice-liderança isolada

Os bandidos da região, tentando evitar que os profissionais da mídia exercessem o seu trabalho, atearam fogo no veículo de reportagem da Record. Não há informações sobre feridos na ação, mas o carro acabou sendo destruído.

A Polícia Civil e a Polícia Militar realizavam uma ação em conjunto na região. Os oficiais estavam na localidade para cumprir treze mandados de busca e apreensão, além de outros onze mandados de prisão. Durante a operação, além de armamento, os agentes da lei encontraram alguns entorpecentes.

Record TV é alvo de atentado, corpo de bombeiros é acionado e o pior acontece Foto: R7/Folha Vitória
Record TV é alvo de atentado, corpo de bombeiros é acionado e o pior acontece Foto: R7/Folha Vitória

Reprisada várias vezes, Por Amor volta ao Vale a Pena Ver de Novo com maior audiência desde 2009

Dos onze mandados de prisão, apenas cinco teriam sido cumpridos até o final da manhã, porém as autoridades procuram os outros seis suspeitos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas, realizando o trabalho com sucesso. Antes dos ladrões incendiarem o automóvel, houve troca de tiros entre policiais e ladrões na região. Os criminosos ainda roubaram outro veículo, que foi atingido por diversas balas.

Já na Globo, duas gravações de novelas importantes da emissora tiveram que ser adiadas por conta de incêndios na emissora. Um incêndio atingiu a cidade cenográfica da novela Espelho da Vida, segundo a própria emissora informou, no momento do ocorrido, estava sendo gravada uma cena de incêndio, quando, sem perceber, as chamas saíram do controle e acabaram danificando parte do cenário da novela das seis. No momento do incêndio, os atores não estavam lá.

Record sofre atentado e Globo tem incêndios no estúdios; funcionários se apavoram e pânico toma conta da situação Foto: Reprodução
Record sofre atentado e Globo tem incêndios no estúdios; funcionários se apavoram e pânico toma conta da situação Foto: Reprodução

Imediatamente, o local foi isolado e não houve feridos. “O fogo foi controlado, com a ajuda do 12º Grupamento do Corpo de Bombeiros, não houve outros prejuízos na cidade cenográfica e não haverá impacto no planejamento das cenas finais da novela”, diz o comunicado oficial.

O galpão de apoio às gravações de Deus Salve o Rei também pegou fogo, de acordo com comunicado oficial, emitido pela Central Globo de Comunicação. O local foi rapidamente evacuado; o protagonista Rômulo Estrela e o diretor artístico Fabrício Mamberti trabalhavam no galpão quando foram detectadas as primeiras chamas.

+ Treze anos depois, Isabelle voltará a interpretar a Emília na Globo

A Band, a GloboNews, a RecordTV Rio e a Globo, durante o Jornal Nacional, exibiram imagens do incêndio ao vivo. Pelo material gerado por estes canais, foi possível mensurar as proporções do incidente. As fortes chamas consumiram praticamente toda a estrutura do galpão.

O galpão abrigava os cenários do castelo; possivelmente, o da rainha Crisélia (Rosamaria Murtinho), cuja morte deflagra o “jogo de empurra” entre seus netos, Afonso (Rômulo) e Rodolfo (Johnny Massaro), desinteressados em assumir o reino.

A novela de Daniel Adjafre, ambientada na Idade Média, demanda uma estrutura especial: a cidade cenográfica, que reproduz os reinos de Artena e Montemor, consiste em dois galpões de 35m x 70m e 35m x 75m – além de uma área de 1.800 metros quadrados com cenários fixos. O ambiente é totalmente ‘indoor’: coberto, protegido das condições climáticas, promovendo a atmosfera que remete ao clima europeu.

Globo tem incêndios no estúdios; funcionários se apavoram e pânico toma conta da situação Foto: Reprodução
Globo tem incêndios no estúdios; funcionários se apavoram e pânico toma conta da situação Foto: Reprodução

Em julho de 1969, os estúdios da Globo em São Paulo foram parcialmente destruídos pelo fogo. Na ocasião, a produção da novela A Cabana do Pai Tomás, exibida às 19h, foi transferida para o Rio de Janeiro. A emissora então foi obrigada a esticar a trama das 20h, Rosa Rebelde, já que não tinha condições de abrigar num mesmo espaço o trabalho de quatro folhetins: ‘Cabana’, ‘Rosa’ e sua substituta (Véu de Noiva) e A Ponte dos Suspiros, cartaz das 22h.

+Malhação – Toda Forma de Amar: Filipe toma decisão forte e impede que Rita se aproxime da filha

Um incêndio de grandes proporções atingiu a Globo em 4 de junho de 1976, dia da exibição do último capítulo de Pecado Capital, às 20h. O fogo, que teve início após um curto-circuito no sistema de ar condicionado, se espalhou por dutos e atingiu boa parte das instalações da emissora. Na ocasião, três capítulos de Vejo a Lua no Céu (18h) e um de Anjo Mau (19h) se perderam. As gravações – incluindo as de O Feijão e o Sonho, substituta de ‘Vejo a Lua’ – foram transferidas para os estúdios da TV Educativa e da Cinédia.

O Xuxa Park, matinal apresentado por Xuxa aos sábados, chegou ao fim em 11 de janeiro de 2001, após um incêndio que consumiu todo o cenário da atração, durante as gravações. A Rainha dos Baixinhos apresentava um número musical quando as chamas começaram a destruir a “nave”, posicionada no centro do estúdio. 300 pessoas estavam presentes no local; 26 ficaram feridas, com queimaduras de primeiro, segundo e terceiros graus. Os casos mais graves foram os de Thamires Gomes Valleja, de 7 anos, que ficou presa numa roda-gigante, e de Leonilson Vieira, segurança particular de Xuxa, que resgatou a menina. Ambos se recuperaram dos ferimentos depois de um longo período de internação e operações plásticas custeadas pela Globo.

+Marina Ruy Barbosa procura Giovanna Ewbank, atriz expõe tudo e faz desabafo após confusão

Já em julho de 2008, cerca de 15% das edificações da cidade cenográfica de Três Irmãs – outra produção das 19h – foram consumidas pelas chamas. Ninguém se feriu. E o prejuízo de R$ 10 mil foi considerado “irrisório”. A emissora acelerou o passo para reconstruir o que foi destruído antes do início das gravações, no mês seguinte. Para facilitar os trabalhos, o diretor Dennis Carvalho optou por abrir os trabalhos com as cenas em estúdio.

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

Sobre o autor

Raquel Souza

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics