Angélica

Angélica

“Estuprador não é pai”, Angélica escandaliza com relato e expõe escândalo vergonhoso ao Brasil

A apresentadora Angélica
A apresentadora Angélica (Foto: Reprodução)

Angélica se posiciona sobre caso de menina de 11 anos estuprada e impedida de fazer aborto

As redes sociais estão cheias de protestos para todos os lados desde que uma juíza impediu uma menina de 11 anos que foi estuprada de praticar aborto. A juíza comparou o aborto a uma prática de homicídio.

Em todos os lados, fosse nas publicações, Stories ou status de diversas redes sociais, como o Twiter, Facebook ou Instagram, a onda de protestos contra a decisão da juíza Joana Ribeiro Zimmer, tomaram conta do Brasil nesta última terça-feira, 21 de junho.

A apresentadora Angélica, esposa de Luciano Huck, publicou duas imagens que estão circulando por toda internet em maneira de protesto e a favor da menina que foi impedida de fazer o aborto, após seu estupro.

Nas imagens, com traços da bandeira do Brasil, nas cores rosa e cinza, duas frases chamaram atenção no lugar de “Ordem e Progresso”, que foram: “Criança Não é Mãe”, e na outra imagem, “Estuprador Não é Pai”.

Angélica, sempre muito sensata, deu sua opinião nas suas redes sociais: “No Brasil, algumas leis não pegam mesmo — especialmente aquelas que protegem as mulheres. Negar o aborto legal a uma menina de 11 anos grávida de um estuprador não é apenas uma afronta à justiça, é uma violência contra todas as mulheres brasileiras. Criança não é mãe, estuprador não é pai e o estado é laico.”, disparou a apresentadora.

Veja também

+Ator da Globo bonitão surge aos beijos com o namorado em viagem romântica na Europa: “Nunca vou esquecer”

Angélica protesta em suas redes sociais
Angélica protesta em suas redes sociais (Reprodução/ Instagram)

REPERCUSSÃO DO PROTESTO

Com mais de 15 milhões de seguidores em seu perfil pessoal no Instagram, Angélica fez seu protesto, deu sua opinião e ainda recebeu mais de 19 mil curtidas em sua publicação, exercendo seu poder de pessoa pública e disseminando o protesto coerente ao triste fato.

+Globo assume direito da Praça, Moacyr Franco senta no banco e Carlos Alberto detona: “Minha morte”

Muitos internautas publicaram e republicaram as imagens dos protestos a favor da menina de 11 anos estuprada. Muito se discutiu nas redes sociais e se tornou um dos assuntos mais comentados do momento. A classe artística em peso, assim como Angélica, protestaram.

Felipe Neto, Taís Araújo, Angela Dip, Daniela Mercury, Zelia Duncan e muitos outros famosos, compartilharam as imagens, as hashtags #criançanãoémãe e opinaram sobre o fato, ganhando muita força pela internet afora.

As imagens que circularam a internet tomaram força através dos artistas
As imagens que circularam a internet tomaram força através dos artistas (Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Luto! Anne Lottermann, do Faustão, encara a morte de perto

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários