Alerta

Bactéria fatal: O decreto da Anvisa com a retirada de 5 marcas de leite dos supermercados


Anvisa proibiu 5 marcas de leite (Reprodução: Montagem TV Foco)

A Anvisa teve que proibir 5 marcas de leite dos mercados, por conta de uma contaminação que podia levar à morte

A Anvisa proibiu 5 marcas de leites, voltada para os bebês, em março de 2022, por conta de uma bactéria fatal. Os lotes tiveram que sair das prateleiras dos supermercados, para os consumidores não correrem mais riscos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

A vigilância sanitária é o principal órgão responsável pela averiguação de todos os produtos, desde a sua fabricação, até o momento em que estão disponíveis para venda. Assim, quando identificam algum problema, rapidamente emitem um alerta aos consumidores.

O leite é um dos produtos mais consumidos pelos brasileiros e fundamental para o desenvolvimento do bebê. Justamente algumas marcas voltada às crianças tiveram problemas em sua fabricação.

A SImilac foi uma das marcas afetadas (Reprodução: Ebay)
A SImilac foi uma das marcas afetadas (Reprodução: Ebay)

De acordo com o portal ‘CNN’, em março de 2022 a Anvisa pediu o recolhimento das fórmulas infantis das marcas Human Milk Fortiffier, Similac PM 60/40, Similac, Alimentum e EleCare. Todas elas pertencem a empresa Abotte Nutrition.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Segundo a vigilância sanitária, os lotes afetados começavam com os dígitos entre 22 e 37, contendo K8, SH ou Z2. A data de validade era em abril de 2022 ou posterior.

Veja também

Ainda segundo o site, o recolhimento dessas marcas se deu por conta da Food and Drug Administration iniciar uma investigação sobre a internação de 4 internações de bebês em menos de 6 meses. Porém todas elas se deu no Estados Unidos, mesmo a marca sendo uma grande importadora.

Assim, a empresa emitiu um comunicado sobre o caso, revelando que nenhum dos lotes afetados chegou ao Brasil, tranquilizando os clientes por aqui.

As pessoas tinham que se atentar ao lote (Reprodução: Internet)
As pessoas tinham que se atentar ao lote (Reprodução: Internet)

Veja o que disse a Abbott Nutrition

Em seu comunicado oficial, emitido pela Abbott Nutrition, divulgado pela ‘CNN’, a marca garantiu que nenhum produto vendido no Brasil está com a presença da bactéria que contaminou as crianças no Estados Unidos.

“Na Abbott, a saúde e a segurança de nossos consumidores é uma prioridade. Assim, nenhum produto nutricional da Abbott vendido no Brasil está afetado por este recolhimento. Nossos produtos são seguros, sinta-se confiante para utilizá-los”, garantiu a empresa.

Anvisa responsável pela averiguação de todos os produtos (Reprodução: Anvisa/Divulgação)
Anvisa responsável pela averiguação de todos os produtos (Reprodução: Anvisa/Divulgação)

Qual bactéria estava presente no leite?

Segundo as investigações pela agência reguladora dos Estados Unidos, alguns lotes dos leites Human Milk Fortiffier, Similac PM 60/40, Similac, Alimentum e EleCare estavam contaminados pela Cronobacter Sakazakii.

🚨 Luto! Morre atriz amada da Globo + Ana Maria em gu3rra com a Platinada + Davi torrando os milhões 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Eu sou Gabriel Amaral, jornalista, formado na Universidade Anhembi Morumbi em 2021. Apaixonado por qualquer tipo de esporte, torcedor do São Paulo e adoro me perder assistindo filmes e séries dos mais variados gêneros e fã da música sertaneja. Faço matérias variadas sobre as celebridades e suas mansões. gabriel.amaral@otvfoco.com.br. Minhas redes sociais são: