Agora

Agora

Hemorragia e 7 na UTI: A proibição da Anvisa contra produto queridinho das mulheres denunciada pela Globo

Anvisa e Globo (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)
Anvisa e Globo (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

Complicações e Sete Internações na UTI: A medida restritiva da Anvisa contra produto popular entre mulheres é reportada pela Globo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recentemente emitiu uma proibição em relação a um produto amplamente apreciado pelas mulheres, conforme denunciado pela Globo. A medida chama a atenção para questões de segurança e regulamentação em torno do mencionado produto, suscitando preocupações sobre seus potenciais riscos à saúde.

A reportagem da Globo destaca a importância de regulamentações rigorosas para garantir a segurança e bem-estar dos consumidores, levando a uma reflexão mais ampla sobre as políticas de controle de produtos e a necessidade de informar adequadamente o público sobre possíveis riscos associados. Essa proibição ressalta a relevância de órgãos reguladores em proteger os consumidores e reforça a importância da transparência no setor de produtos de consumo.

Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou todos os lotes dos produtos Dermo Bioestimuladorm Preenchedor Cosmobeauty e Fluido Ultraconcentrado Tonificante Cosmobeauty, fabricados pela empresa Bio Essencialli Indústria e Comércio de Cosméticos, após ser informada que estão provocando efeitos adversos graves em Goiás, usados como injetáveis.

Segundo a agência, esses produtos são notificados na Anvisa como cosméticos, e não existem cosméticos de aplicação injetável e sim de “uso externo” como deve vir declarado no rótulo.

Vitimas

Segundo reportagem do Bom dia Goiás da Globo, a Polícia Civil investigou os casos em que as pacientes relataram problemas de saúde após o uso. Em um dos casos, Betânia Lima Guarda, de 29 anos, teve embolia pulmonar e hemorragia no pulmão e precisou ficar entubada na UTI. Cláudio, ex-marido de Betânia, contou que ela contratou um pacote que incluía a aplicação no rosto e no bumbum. “Ela fez no rosto e deu tudo certo, e quando iniciou o processo no bumbum ela se sentiu mal”, falou.

Veja também

Betânia Lima Guarda foi internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois de ter feito um preenchimento no bumbum com uma esteticista (Foto: Reprodução/Redes Sociais - G1)
Betânia Lima Guarda foi internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois de ter feito um preenchimento no bumbum com uma esteticista (Foto: Reprodução/Redes Sociais – G1)

Ao decorrer da investigação, a instituição encontrou outras três vítimas. Segundo a delegada, uma dessas vítimas, também moradora de Aparecida de Goiânia, prestou depoimento por vídeo chamada por estar internada e que durante a internação teve 7 paradas cardíacas.

Como fazer uma denuncia para a Anvisa?

Fazer uma denúncia para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é um procedimento importante para relatar irregularidades relacionadas à segurança e qualidade de produtos e serviços regulamentados pela agência. Para efetuar uma denúncia, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o Site da Anvisa: Visite o site oficial da Anvisa (https://www.gov.br/anvisa/) para obter informações e acessar os canais adequados para realizar a denúncia.
  2. Escolha o Canal de Denúncia: Normalmente, a Anvisa oferece um canal específico para denúncias, que pode ser encontrado na seção “Fale Conosco”, “Ouvidoria” ou “Denúncias”. Procure por opções relacionadas a reclamações ou denúncias.
  3. Preencha o Formulário: Na plataforma online, preencha o formulário de denúncia com as informações necessárias. Isso pode incluir dados sobre o produto, empresa, evento adverso, e outros detalhes relevantes para a investigação.
  4. Forneça Documentação Complementar (Se Aplicável): Caso tenha documentos, fotos, ou outras evidências relacionadas à denúncia, anexe-as ao formulário para fortalecer seu relato.
  5. Mantenha a Confidencialidade (Opcional): Alguns canais de denúncia permitem que você mantenha a confidencialidade dos seus dados, caso sinta a necessidade de proteger sua identidade.
  6. Acompanhe o Status da Denúncia: Após o envio, a Anvisa normalmente fornece um número de protocolo. Anote esse número para acompanhar o status da denúncia. A agência pode entrar em contato para obter mais informações, se necessário.
  7. Use os Canais de Atendimento Presencial ou Telefônico (Se Preferir): Além da opção online, você também pode fazer denúncias presencialmente em unidades da Anvisa ou por meio de atendimento telefônico, caso a agência ofereça essas alternativas.

Lembre-se de que informações detalhadas e precisas são essenciais para que a Anvisa possa investigar e tomar as devidas providências. Denúncias contribuem para a segurança e eficácia dos produtos e serviços regulamentados pela agência.

🚨 Davi vai ser expulso no BBB24? + Ivete é INTERNADA + Jojo é traída e se VINGA

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA