Retirada

Risco fatal: A Anvisa decretou retirada de 3 marcas populares de salgadinho, amendoim e chocolate de mercados

17/05/2024 às 9h38

Por: Rafael Silva
Imagem PreCarregada
Anvisa e alimentos proibidos - Foto Reprodução Internet

Surpreenda-se com retirada da Anvisa de 3 marcas populares de salgadinho, amendoim e chocolate, com risco fatal

A Anvisa, responsável por fazer serviços de vigilância sanitária em todo o país, cumpriu o seu dever em proteger a população e os consumidores de riscos à saúde, com uma proibição de 3 marcas populares dos mercados, com graves riscos à saúde.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

As informações são do site “consultas.anvisa.gov.br”, o qual informou na última quinta-feira (16), que a Anvisa recolheu 2 lotes do SALGADINHO DE MILHO COM QUEIJO, da marca POPCORNERS WHITE CHEDDAR, pois estavam sem rotulagem em língua portuguesa sobre a presença de alergênicos.

Segundo as informações, os rótulos do lote não alertavam sobre derivados do leite e lactose, o que poderia ser fatal para pessoas alérgicas, se consumissem o alimento sem saber, mas, felizmente, apenas esses 2 lotes foram interditados, com a Popcorners não se pronunciando sobre o ocorrido.

Ainda segundo as informações, datadas de 05 de dezembro de 2023, o AMENDOIM JAPONÊS, da marca CANAÃ, também foi vítima do decreto da Anvisa, tendo todos os seus lotes retirados de circulação, pois os alimentos não tinham advertências da presença de soja e trigo nos rótulos.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Conforme foi informado, essa proibição segue em vigor até os dias atuais, com os alimentos proibidos de serem comercializados, sem nenhum pronunciamento da marca Canaã sobre o ocorrido.

Veja também

Além disso, com informações de 26 de março deste ano, o chocolate TOBLERONE CHOCOLATE COM LECHE Y NOUGAT COM MIEL Y ALMENTRAS, da Mondelez Brasil, teve 4 lotes retirados dos mercados, pois não tinha advertências em português sobre alergênicos, lactose e glúten, sendo um grande perigo.

De acordo com a fonte, os produtos não tinham dados obrigatórios para serem comercializados, tendo que, infelizmente, serem retirados das prateleiras, mas o resto dos lotes seguiu os padrões estabelecidos, com a marca Mondelez não tendo se pronunciado sobre o caso.

Anvisa determina um limite de fragmentos para cada alimento (Reprodução/Foto: Anvisa/Divulgação)
Anvisa determina um limite de fragmentos para cada alimento (Reprodução/Foto: Anvisa/Divulgação)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)

Quais produtos precisam da aprovação do órgão regulador no Brasil?

Segundo informações do site “licempre.com”, o registro na Anvisa é obrigatório para as empresas que fabricam e importam produtos alimentícios, farmacêuticos, correlatos, saneantes e cosméticos, devendo ser sempre analisados e passados por uma perícia especializada do órgão para receberem aprovação.

🚨 Ex de Nahim em gu3rra com filha do cantor + Faustão e Fernanda Montenegro esnobam a Globo + Fraude de Matteus 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Eu sou Rafael Silva, tenho 28 anos e sou Arquiteto e Urbanista por formação pela Universidade Potiguar. Viciado em estar por dentro de tudo que acontece, sou Redator Web por vocação. Sempre foi apaixonado por escrita e leitura e me encontrei no mundo do entretenimento. Acompanho a vida dos famosos e celebridades diariamente pelos seus perfis das redes sociais e faço matérias sobre as fortunas dos artistas e suas mansões elegantes . Adoro jogar vídeo game e assistir séries e filmes. Minhas redes sociais são: lucas.rafael@otvfoco.com.br

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.