Celebridades Globo Jair Bolsonaro

Ao lado de Dira Paes e mais famosos da Globo, Lula chora em ato e expõe Bolsonaro

Globo dá resposta após ataques de Bolsonaro e Lula (Foto: Reprodução)
Lula participou em ato no Rio de Janeiro a favor da Cultura (Foto: Reprodução)

Em um ato a favor da Cultura realizado no Rio de Janeiro, Lula se emocionou com a presença de famosos da Globo e atacou Jair Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi o grande nome de um ato realizado em apoio à Cultura no Circo Voador, no Rio de Janeiro, na noite dessa quarta-feira, 18. Além do petista, compareceram diversos famosos da Globo, como a atriz Dira Paes e o ator Osmar Prado; ainda, outras personalidades, como o cantor Agnaldo Timóteo, também compareceram ao evento. O atual presidente, Jair Bolsonaro, se tornou alvo de críticas e foi ironizado em diversas ocasiões.

O ato, que teve início por volta das 19h, ficou marcado pela emoção de Lula, que chegou a chorar. Entre os presentes, estiveram personalidades como os contratados da Globo Dira Paes e Osmar Prado, o também ator Emiliano D’Ávila, a atriz Guta Stresser, Cristina Pereira, Amir Haddad, Antônio Pitanga e o cantor Agnaldo Timóteo.

Em uma fala em defesa da Cultura e do petista, o contratado da Globo, Osmar Prado, declarou que “porque nós amamos a cultura e a arte, que nós queremos um Brasil democrático”. “Ao se entregar, Lula começou a derrotar de dentro da cadeia. Qual o país que não asilaria Lula? Mesmo preso, ele ganhou o prêmio Nobel (o político foi nomeado). Dez mil Moros (em referência ao ex-juiz), dez mil Bolsonaros não chegariam ao dedo mindinho do presidente Lula, que a prensa esmagou”, disse o global, arrancando lágrimas do petista.

Ao discursar, o petista não economizou nas críticas a Jair Bolsonaro e citou a Cultura, que tem sido um dos setores que mais tem sofrido na atual gestão. O ex-presidente criticou a extinção do Ministério da Cultura e a nomeação do pastor Edilásio Barra como superintendente de Desenvolvimento Econômico da Agência Nacional de Cinema, a Ancine.

“Cultura é vida e este governo prega a morte. O governo Bolsonaro é contra todas as formas de expressão”, afirmou Lula. Ainda, o petista rememorou episódio recente em que o ator e humorista Fábio Porchat foi atacado por conservadores, inclusive filhos do presidente, após dizer que “Bolsonaro não governa, ele se vinga”. “É uma vingança a cada um de vocês, que trataram de gritar, cantar, grafitar e escrever: ‘Ele não'”, afirmou o ex-presidente.
Ainda, Lula citou o ator estadunidense Leonardo DiCaprio, que foi criticado e apontado por Jair Bolsonaro como um dos culpados pelos incêndios na floresta Amazônia. “Daqui a pouco vão dizer que sou filho do Leonardo DiCaprio”, ironizou.

Por fim, o petista não esqueceu dos ataques feitos por integrantes da gestão de Jair à atriz da Globo, Fernanda Montenegro. Lula disse que “Fernada Montenegro em 30 segundos olhando para um câmera, fez muito mais que o Bolsonaro em 30 anos para o Brasil”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco