Celebridades

Aos 77 anos, Eduardo Suplicy vai à manifestação só de sunga, imagem é divulgada e choca

O vereador Eduardo Suplicy marcou presença em manifestação no RJ (Reprodução: Twitter)
O vereador Eduardo Suplicy marcou presença em manifestação no RJ (Reprodução: Twitter)

Sempre ousado e irreverente, o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), foi flagrado participando de uma manifestação contra a violência policial no Rio de Janeiro, que aconteceu no último domingo, 26. No entanto, o que chamou a atenção dos manifestantes foi a vestimenta utilizada pelo petista que, aos 77 anos, compareceu ao ato apenas de sunga vermelha. A atriz Patrícia Pillar também marcou presença no ato.

+Após surgir beijando outro homem, ator da Globo quebra o silêncio, expõe sexualidade e entrega: “Sem rótulos”

De acordo com informações da Agência Estadão, do jornal Estado de S.Paulo, o vereador Eduardo Suplicy tinha ido à praia para um mergulho, quando ficou sabendo da manifestação e resolveu aderir aos protestos, endossando o ato e dando maior visibilidade à causa, que tinha como principal alvo das queixas o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

+No comando do Jornal Nacional, Maju Coutinho é flagrada com pouca roupa, imagens viralizam e público não acredita

Além do vereador petista Eduardo Suplicy, marcaram presença no ato batizado de “Parem de nos matar”, que aconteceu em Ipanema, importante ponto turístico da cidade maravilhosa, familiares de vítimas da violência, como Marinete Silva, mãe da ex-vereador Marielle Franco, do PSOL-RJ, assassinada no dia 14 de março de 2018.


Nas redes sociais, a maioria absoluta dos internautas reagiram com bom humor à ousadia de Eduardo Suplicy, parabenizando-o pela coragem e iniciativa em comparecer ao ato. Outros, ainda, lamentaram o fato do petista não ter conseguido se eleger senador pelo estado de São Paulo nas eleições de 2018, quando ficou em terceiro lugar.

Outra personalidade que marcou presença no ato, além de Eduardo Suplicy, foi a atriz Patrícia Pillar, importante defensora dos direitos humanos, que sempre se posiciona contra os avanços da extrema direita, defendendo causas sociais e em respeito das minorias sócio-representativas.

+Após separação e flagra de Débora Nascimento com mulher, José Loreto tem atitude bizarra com fã que pediu para tirar foto

View this post on Instagram

Neste sábado participei de um momento muito especial da implantação da Renda Básica de Cidadania em Maricá que foi anunciada pelo Prefeito Fabiano Horta (PT) e o vice Marcos Ribeiro. Até agora 14 mil famílias estavam recebendo o benefício. A partir de julho, 50 mil pessoas, cerca de um terço da população de pouco mais de 150 mil, passarão a receber 130 mumbucas equivalentes a 130 reais mensais, todas aquelas pessoas que estiverem inscritas no Cadastro Único nas famílias que recebem até 3 salários mínimos mensais. Até o final desta gestão, final de 2020, toda a população passará a receber a RBC. Ela está sendo implementada por etapas, por lei instituída pelo prefeito Washington Quaquá (PT), em 2015. Trata-se de notável exemplo para o Brasil e o mundo. Na ocasião, o Secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan, me deu um cartão do Banco Comunitário Mumbuca, nome do rio que cruza a cidade. A RBC é paga em mumbucas, aceita pelo comércio local, através de cartões magnéticos.

A post shared by Eduardo Suplicy (@eduardosuplicy) on

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.
;