Record

Record

Após áudio vazado, âncora do Jornal da Record é afastada e se despede na bancada: “Lutei pela dignidade”

Christina Lemos
Christina Lemos anunciou seu afastamento do Jornal da Record (Foto: Divulgação/Record)

A apresentadora do principal noticiário da emissora anunciou que está de saída da bancada

Christina Lemos, âncora do Jornal da Record desde o afastamento de Adriana Araújo em 2020, surpreendeu a audiência do principal telejornal da emissora ao anunciar seu afastamento da bancada na última sexta-feira (28).

Logo ao final das manchetes do JR, Christina Lemos aproveitou para se despedir da audiência da emissora paulista. Mas calma! a profissional apenas sairá de férias durante duas semanas.

Eu vou descansar por duas semaninhas e volto já“, avisou Christina Lemos. Luiz Fara Monteiro, companheiro de bancada, desejou boas férias à colega de jornal.

Veja também

Por conta de sua postura neutra e sem fazer comentários opinativos, Christina logo ganhou a simpatia da audiência da Record, que não era lá muito fã das opiniões de sua antecessora, Adriana Araújo.

A jornalista assumiu o posto de maior destaque do jornalismo da emissora em julho do 2020, logo após Celso Freitas e Adriana deixarem a bancada.

ADRIANA ARAÚJO DEMITIDA

Adriana Araújo
Adriana Araújo no Jornal da Record (Foto: Divulgação)

Ainda sobre a antecessora de Christina Lemos, a jornalista foi afastada do JR depois de fazer vários comentários criticando a gestão de Jair Bolsonaro durante a pandemia.

Por ser um grande aliado do presidente, Edir Macedo decidiu punir Adriana a tirando da bancada e demitindo a jornalista em março deste ano.

Lutei pela dignidade profissional da qual não se pode abrir mão. Vou sempre me lembrar de quem caminhou junto comigo nessa jornada. Felizmente todos eles sabem quem são“, disse a jornalista em seu texto de despedida.

AÚDIO VAZADO

Jornal da Record
Áudio vazado no Jornal da Record (Foto: Reprodução)

Vale dizer que meses atrás, Christina Lemos se tornou um dos assuntos mais comentados das redes sociais quando o Jornal da Record exibiu um áudio vazado em um matéria que denunciava o “Gabinete do ódio” da então deputada Joyce Hasselmann (PSL).

“Joice Hasselman tem um gabinete do ódio próprio. Mensagens divulgadas entre ela e alguns assessores, mostram como a deputada federal do PSL age contra adversários políticos”, iniciou a âncora.

“Até números falsos de CPF foram criados para fazer ataque na internet”, acrescentou a jornalista. A reportagem exclusiva mostrou a deputada atacando uma adversária e afirmando: “Vou para o ataque com essa vagabu**”.

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários