Globo

Globo

Em meio a escândalo com Um Lugar Ao Sol, Globo promove onda de demissões e 100 funcionários vão pra rua: “Crise”

Um Lugar ao Sol está fracassando na audiência (Foto: Reprodução/Globo)
Christian (Cauã Remond) em “Um Lugar ao Sol” (Foto: Reprodução/TV Globo)

A emissora carioca realizou uma nova onda de demissões e 100 funcionários foram despedidos

Como se os problemas com Um Lugar ao Sol já não fossem o suficiente para a Globo, a emissora carioca também enfrenta uma situação delicada com Quanto Mais Vida, Melhor!, novela das sete que sequer estreou no canal.

Segundo Léo Dias, do portal Metrópoles, na última quinta-feira (11), mais de 100 funcionários envolvidos na nova trama, foram demitidos do canal.

O cenário também não é dos mais animadores para aqueles que “sobreviveram” ao ‘facão’ da Globo, já que o jornalista informa que novas demissões devem ocorrer em breve.

Do total dos demitidos, 70 pessoas faziam parte da cenografia. Os cortes também atingiram outros setores como figurino e áudio.

Nos últimos tempos, cabe lembrar, a Globo vem optando pela regra de não manter funcionários sem “função” na casa, fechando contratos apenas por obras, tal como acontece com a maioria dos atores desde 2019.

Veja também

Protagonistas de Quanto Mais Vida Melhor (Foto: Reprodução/Globo)

De acordo com fontes de Léo Dias, os contratados da empresa estão vivendo um clima de crise no set de filmagens de Quanto Mais Vida, Melhor!, que apesar de já estar bem adiantada, ainda não concluiu as gravações.

GLOBO DEVE APOSTAR EM TERCEIRIZAÇÃO

Há poucos meses, segundo o site TV Pop, a cúpula da Globo aprovou um novo processo de demissão em massa de membros da equipe operacional e novos cortes devem acontecer até o fim de dezembro.

Para 2022, a emissora deve apostar na terceirização do setor, o que pouparia alguns milhões aos cofres da Platinada.

ESCÂNDALO COM UM LUGAR AO SOL

Se antes a teledramaturgia representava um dos pontos mais fortes da Globo, atualmente o canal tem sofrido até mesmo com a novela das nove.

Em menos de uma semana no ar, a novela protagonizada por Cauã Reymond já amargou algumas derrotas pra Record e até mesmo uma briga entre diretorias da Globo.

De acordo com o site NaTelinha, dois setores divergiram sobre quando Um Lugar ao Sol deveria estrear. O setor de teledramaturgia, comandado por José Maria Villamarim, alega que fez tudo para estrear a novela quanto antes para que a estreia não fosse no fim do ano.

Por outro lado, esse setor enfrentou resistência do setor de programação da Globo, comandado por Amauri Soares, que não permitiu essa antecipação pelo fato do canal estar priorizando em larga escala a novela Pantanal, que deve estrear no primeiro semestre de 2021.

Com isso, Um Lugar ao Sol acabou sendo prejudicada em larga escala, já que teve seu horário alterado quatro vezes durante as duas primeiras semanas, o que levou José Maria Villamarim a reclamar pessoalmente com o diretor geral da Globo.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários