Celebridades

Após filho exigir prisão perpétua por assassinato brutal, goleiro Bruno coloca em dúvida paternidade: ‘Teste de DNA’

Eliza Samudio e o condenado pelo assassinato da modelo, o ex-goleiro do Flamengo (Foto: Montagem TV Foco)
Eliza Samudio e o condenado pelo assassinato da modelo, o ex-goleiro do Flamengo (Foto: Montagem TV Foco)

O goleiro Bruno Fernandes, condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, colocou em dúvida paternidade do filho com a modelo e relatou teste de DNA

O goleiro Bruno Fernandes, que fez sucesso como titular do Flamengo, time de futebol do Rio de Janeiro, passou anos na cadeia após ter sido condenado pelo assassinato brutal da modelo Eliza Samudio, pai de um dos seus filhos, o garoto Bruninho, de 10 anos.

Recentemente, ao responder o comentário de um internauta em seu perfil nas redes sociais, o atleta deu a entender que ele pode não ser o pai biológico do filho de Eliza Samudio, ao dizer que aguarda o teste de DNA para confirmar a paternidade da criança.

+Leo Dias, após SBT e RedeTV!, fecha contrato com maior emissora do país em novo programa bombástico 

+Bruna Surfistinha expõe sexo com cantor sertanejo, famosos casados e fetiches são escancarados: ‘Comi ele’

Em um post no Instagram, um internauta fez o seguinte comentário: “Só faltou o Bruninho Bruno”. O futebolista, então, respondeu: “Primeiro temos que saber o resultado do DNA, se for comprovado, com certeza terá muitas fotos com ele”, afirmou.

Goleiro Bruno colocou em dúvida paternidade do filho com Eliza Samudio (Reprodução)

 

FILHO DIZ TER MEDO DO GOLEIRO BRUNO

Atualmente com 10 anos, Bruninho Fernandes vive com a avó materna, Sônia da Silva Moura, de 55 anos, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. De acordo com o site “Contil Net”, do Acre, o garoto tem medo do próprio pai e deseja que ele tivesse sido condenado à prisão perpétua pelo crime que cometeu.

“No mínimo ele deveria ficar em prisão perpétua, porque eu acho uma sacanagem tirar a vida de um ser humano. Não existe nenhum motivo que explique isso. Nenhum”, afirma o filho do goleiro.

Ainda de acordo com o “Contil Net”, em outro áudio do adolescente, enviado ao noticioso mãe de Eliza Samudio, Sônia da Silva Moura, de 55 anos, Bruninho diz que “infelizmente ele [Bruno Fernandes] é uma ameaça para a sociedade e eu me sinto muito ameaçado com isso”.

ASSASSINATO DE ELIZA SAMUDIO

Em junho de 2020 fez 10 anos do brutal assassinato de Eliza Samudio, ex-namorada e mãe de um dos filhos do goleiro Bruno. A modelo foi morta por esganadura na rua Araruama, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, segundo informações oficiais.

Conforme a Justiça, a modelo foi leva à força, em 2010, por Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, amigo do goleiro, para um sítio do atleta em solo mineiro. Lá, ela foi mantida em cárcere privado e, depois, morta.

Em 2013, o ex-atleta do Flamengo foi condenado a 22 de anos e três meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, além do sequestro e cárcere privado do filho que teve com a modelo.

O goleiro Bruno obteve a progressão de pena e está em regime semiaberto desde julho de 2019. No início deste mês, ele foi apresentado como novo goleiro do Rio Branco Futebol Clube e já treina com o elenco. O contrato é de seis meses e prevê a disputa da série D do Brasileirão, da Copa Verde e do Campeonato Acreano.

Goleiro Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, mãe de seu filho, Bruninho (Reprodução)
Goleiro Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, mãe de seu filho, Bruninho (Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco