Globo

Após furo histórico, Conversa Com Bial aposta em convidados políticos polêmicos

Pedro Bial em entrevista com o filósofo Olavo de Carvalho (Foto: Reprodução/Globo)
Pedro Bial em entrevista com o filósofo Olavo de Carvalho (Foto: Reprodução/Globo)

No final do ano passado, o programa Conversa Com Bial, da Globo, conseguiu um furo histórico que acabou repercutindo nacional e mundialmente. Trata-se do depoimento de mulheres que acusavam o médium João de Deus de estupro. Dias depois, centenas de mulheres denunciaram o religioso e alegaram terem sido ou assediadas ou estupradas por ele.

Prestes a voltar com mais uma temporada, o programa apostará em convidados polêmicos para tentar bater de frente com o principal concorrente do gênero, o The Noite. São entrevistas principalmente com nomes da política que estão sendo bastante comentados nesse primeiro ano de governo Bolsonaro.

+O Sétimo Guardião: Laura promete assassinar Gabriel pessoalmente após falha de Sampaio

O primeiro é Olavo de Carvalho, que é considerado o “guru” do presidente e conta com milhares de seguidores pelo país. E na história do intelectual está um contato breve com Pedro Bial. Isso porque a primeira vez em que ele apareceu na televisão foi em entrevista com o apresentador pela GloboNews.

Foi a primeira vez que ele apareceu na televisão. Agora, chamei o Olavo para rever aquela entrevista de 22 anos atrás, olhar tudo o que aconteceu de lá para cá”, revelou Bial, que foi conversar pessoalmente com Olavo, que é responsável pela indicação de pelo menos dois ministérios do atual governo.

+Em guerra contra a Globo, Palmeiras toma decisão radical para afundar a emissora

O outro nome polêmico é Jean Wyllys, que já teve bastante contato com Bial. Isso porque ele faturou o tão sonhado prêmio de campeão do BBB quando Bial apresentava a atração. “Foi o primeiro intelectual, professor, de origem pobre, baiano, gay, era algo muito novo, que emocionou o país inteiro”, ressaltou Bial.

Segundo o apresentador, os dois têm em comum o fato de apresentarem um projeto de país, mesmo que por caminhos opostos. “São brasileiros que sofrem o Brasil, intelectual e emocionalmente. Talvez por isso não tenham conseguido ficar aqui. Estão fora, mas permanecem ativos e influentes”, opinou.

Pedro Bial em conversa com o ex-deputado federal Jean Wyllys (Foto: Reprodução/Globo)
Pedro Bial em conversa com o ex-deputado federal Jean Wyllys (Foto: Reprodução/Globo)

Também no campo da política, o programa pretende estrear com o pé direito. Indo ao ar a partir da próxima terça-feira (09), contará com uma entrevista inicial de ninguém mais, ninguém menos que o ex-juiz federal e atual Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Ao contrário dos demais, Moro não divide opiniões, mesmo que tenha opositores, e é uma unanimidade. Pesquisa divulgada hoje (07) pelo Instituto Datafolha revela que ele é a personalidade política mais aprovada do novo governo, até mais que o próprio presidente, sendo avaliado positivamente por 59% da população.

+Domingo Legal “explode” e crava ressurgimento do SBT no horário

E a emissora resolveu usar a criatividade na hora de divulgar a atração, que estreia nesta terça-feira (09). Isso porque as redes sociais da emissora acabaram “tirando sarro” de uma publicação viral que o ministro fez quando resolveu criar uma conta no Twitter para se aproximar de seus seguidores.

Na imagem postada pela conta do programa, Moro aparece segurando um calendário da Globo com a marcação para o dia 9. Na legenda, uma paródia da frase usada por ele na rede social. “Provando que nossa reestreia é essa mesmo (o que é um pouco inusitado). Terça-feira, 9/4, tem ministro Sérgio Moro no Conversa com Bial”, escreveu o perfil.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;