Celebridades

Celebridades

Após luta contra doença brutal e perder centenas de quilos, estado chocante de Padre Marcelo Rossi é exposto

Padre Marcelo Rossi enfrentou período difícil de luta contra a depressão (Imagem: Montagem/TV Foco)

Padre Marcelo Rossi travou luta contra a depressão

Anos atrás o Padre Marcelo Rossi acabou sofrendo muito com uma grave doença, a depressão. O religioso ficou muito mal, chegando inclusive, a ficar irreconhecível, devido a sua aparência muito fragilizada. O padre emagreceu bastante e ficou muito abatido.

E após um intenso período difícil, Padre Marcelo Rossi, no ano de 2017, ao completar 50 anos de idade, contou que as mensagens positivas dos milhões de fiéis, com muita oração e o exercício físico, o fizeram superar os seus piores momentos e o ajudou a recuperar o seu peso normal, fazendo ele retomar aquilo que ele mais gostava de fazer, se apresentar para milhares de pessoas.

A depressão de Padre Marcelo Rossi teve início no ano de 2013, onde ele também sofreu com a anorexia, problemas esses decorrentes da sua fama. “Passei minha pior fase (em 2013). De 80 e poucos quilos, cheguei a uns 130. Depois, comecei a perder, perder, fiz uma dieta maluca, comendo alface e hambúrguer. Aí, tomei um susto. Fui ficando a cada dia mais magro. Mas não me via magro”, relatou o padre em entrevista ao Diário Gaúcho no ano de 2014.

Padre Marcelo Rossi chegou a ficar em estado chocante (Foto - Divulgação)
Padre Marcelo Rossi chegou a ficar em estado chocante (Foto – Divulgação)

Na época, ele contou que para superar a depressão, ele se amparou em músicas, nas orações e nos exercícios físicos, negando ainda a suspeita dos fãs, de que o seu emagrecimento tenha sido por alguma doença.

No ano de 2017, em uma nova entrevista ao Diário Gaúcho, Padre Marcelo Rossi falou sobre a maneira a qual ele conseguiu superar a depressão: “Conversando com as pessoas, elas me diziam coisas ótimas, cantavam para mim. Foi um grande processo de terapia. Venci a depressão por meio da fé”, falou ele.

Veja também

Padre Marcelo Rossi antes da depressão e após a depressão (Foto: Divulgação)
Padre Marcelo Rossi antes da depressão e após a depressão (Foto: Divulgação)

Formado em Educação Física, Padre Marcelo Rossi contou como a prática de exercício físico foi importante em sua recuperação: “Vou lhe dizer uma coisa: a sensação de prazer que a endorfina proporciona, de prazer, você só consegue comendo chocolate, por exemplo. Mas, como o chocolate tem alguns problemas, como a gordura que está presente nele, o segredo é o exercício cardiovascular. Faço, ao menos, 60 minutos por dia. E não tomo mais nenhum remédio”, disse o religioso.

Ele contou ainda que não acreditava na depressão, e falou: “Tive que me libertar de uma coisa que eu achava que não existia. Aprendi que depressão existe, sim. Durante muitos anos, eu ajudei as pessoas a se libertarem dela, e de outras angústias. E eu fui cair nela. Mas encaro tudo isso como uma segunda chance”.

ATUALMENTE

Nos dias de hoje, Padre Marcelo Rossi encontra-se recuperado da depressão, inclusive, recentemente ele chamou a atenção ao exibir os seus braços musculosos na TV. Semanalmente ele abre a programação de domingo da TV Globo com a sua tradicional missa de Domingo.

O religioso é presença garantida nos domingos do canal global há anos e possui fãs espalhados em todos os lugares do Brasil, é um dos religiosos mais queridos do país.

Padre Marcelo Rossi atualmente, exibindo os braços musculosos (Imagem: Montagem)
Padre Marcelo Rossi atualmente, exibindo os braços musculosos (Imagem: Montagem)

VÍDEO YOUTUBE: Luto! Anne Lottermann, do Faustão, encara a morte de perto

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários