Celebridades

Após polêmica, Victor Chaves canta ao lado de Paula Fernandes e recebe homenagem: “Te admiro”

Paula Fernandes e Victor Chaves (Foto: Divulgação)
Paula Fernandes e Victor Chaves (Foto: Divulgação)

O cantor sertanejo Victor Chaves, que fazia dupla com o irmão Leo, voltou a surgir nas redes sociais e deu o que falar ao cantar ao lado da cantora Paula Fernandes.

+Leo Stronda passa por delicada cirurgia após lesão grave em treino e insiste: “Não vai me parar”

Em seu perfil oficial no Instagram nesta segunda-feira, 15 de abril, Paula Fernandes compartilhou um vídeo cantando ao lado do sertanejo e o parabenizou por seu aniversário.

+Famosos se emocionam e lamenta incêndio na Catedral de Notre Dame em Paris

“Parceria de quase 20 anos… Meu amigo, meu irmão, talentoso, compositor de lindas canções e que sem saber, me inspirou a escrever tantas das minhas. ‘Cê’ sabe o quanto eu te admiro e te quero bem. Que seu ano novo venha pleno de amor, muita luz e sorrisos”, escreveu Paula Fernandes. Nos comentários, Victor Chaves comentou: “Obrigado, Paulinha”.

+Detalhe secreto sobre nascimento do bebê de Meghan e Harry vem à tona e gera surpresa

Recentemente, o cantor Victor Chaves, gerou polêmica em um vídeo no qual aparece ironizando as denúncias feitas pela sua ex-esposa, Poliana Bagatini, que quando denunciou as agressões, estava grávida do segundo filho do sertanejo.

Victor Chaves (Foto: Divulgação)
Victor Chaves (Foto: Divulgação)

Nas imagens, Victor interpreta dois personagens, um entrevistador e ele mesmo. Confira algumas partes do diálogo a seguir:

  • Entrevistador: Senhor Victor, consta que o senhor teria deferido 15 chutes na barriga de uma grávida. A pergunta é: o senhor joga futebol?
  • Entrevistado: Jogo de vez em quando, mas nunca consegui acertar um chute
  • Entrevistador: Senhor Victor, o senhor foi indiciado por vias de fatos, que correspondem a agressão sem deixar marcas, que m**** é essa?
  • Entrevistado: É só uma m**** mesmo.
  • Entrevistador: Pra terminarmos, o senhor teria vivido 27 anos de brigas com seu irmão Leo Chaves, o que o senhor tem a dizer sobre isso?
  • Entrevistado: Não, 27 anos foi o tempo de dupla. De brigas, são 42. Até aqui

Após a repercussão negativa de seu vídeo, Victor resolveu mais uma vez se manifestar e comentar sobre a sua verdadeira intenção.

“Trata-se de uma sátira, algumas pessoas não reconheceram como sátira, e isso é superrespeitável. Existe um ensejo muito sério, uma intenção muito séria. Não tem como ser uma brincadeira, porque não brincaria com fatos da minha própria vida, não faria sentido”, disse ele.

Victor ainda explicou que o repórter sem camisa é uma crítica aos jornalistas “vestem a camisa da investigação dos fatos” e que publicam o que querem.

Victor Chaves (Foto: Divulgação)
Victor Chaves (Foto: Divulgação)

O sertanejo ainda explicou que a comparação entre as agressões à esposa e o futebol foi feita de forma proposital. “Não dá pra misturar 15 chutes na barriga de alguém com futebol. Esse cunho ridículo é motivo de riso da parte do entrevistado, um riso quase doentio, do cunho que ultrapassa o ridículo”, disse.

Victor ainda se defendeu das denúncias. “Se tiver duas pessoas com propósito de uma briga física e você se levanta e segura uma delas, tentando dominá-la para que ela não se atraque com outra numa briga, você cometeu vias de fato. Talvez você tenha que responder por isso para que se prove que sua intenção era muito boa”, resumiu.

Ele ainda falou sobre a parte na qual comenta sobre a briga com o irmão. “A mídia encontra um campo fértil em pessoas que não vão raciocinar e nem questionar e diz que a dupla parou tentando conectar com a acusação que eu tinha sofrido. Isso não funcionou, então tentaram arranjar outro álibi: ‘vamos dizer então que eles brigaram’. Aproveitando de uma coletiva em que o Leo participou e ele falou em tom brincalhão de briga de irmãos.[…] E aí, o entrevistado brinca, ri novamente com a situação ridícula ali exposta. E diz que foram 42 anos de brigas, mas não complementa que foram 42 anos de amor também”, declarou.

Sobre suas intenções ao fazer o vídeo polêmico, ele comentou: “E provocar não é chamar pra briga, mas provocar o raciocínio lógico, o questionamento. […] Acredito num mundo melhor. E o ensejo dessa sátira, desse vídeo, é provocar você pra isso. Para que você possa viver em um mundo em que seja possível discordar sem agredir, respeitando, sem xingamentos, sem hostilidade”, finalizou.

 

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;