VIVA

NovelasVIVA

Após sucesso estrondoso no Globoplay, A Usurpadora estreia em canal da Globo; saiba quando

Paulina (Gabriela Spanic) tomou o lugar da irmã Paola Bracho (Grabiela Spanic) em “A Usurpadora”, sucesso de volta no grupo Globo (Foto: Reprodução / Globoplay / Montagem TV Foco)

“A Usurpadora”, estreia em canal do grupo Globo.

Após fazer um enorme sucesso no Globoplay e surpreendendo o mercado publicitário e o público, “A Usurpadora”, da Televisa e exibida em 1999 pela primeira vez no Brasil pelo SBT, se tornou um dos maiores fenômenos da Globo que agora aposta na trama para o Canal Viva.

Durante sua estreia no ano passado na plataforma de streaming da Globo, “A Usurpadora”, figurou durante cinco semanas com uma das novelas mais assistidas do Globoplay.

SAIBA MAIS! Quanto Mais Vida Melhor: Tiro, morte, lágrimas, redenção e suspense: Saiba o desfecho dos personagens

Visando um público em potencial, o canal pago Viva irá reprisar esse grande sucesso a partir do dia 27 de junho. Exibido de segunda a sexta-feira, às 20h30, a trama ocupará a mesma faixa de “Marimar”, que chegará ao fim no dia 24 do mesmo mês.

“A Usurpadora”, conta a história das gêmeas Paulina e Paola Bracho, interpretadas brilhantemente pela atriz Gabriela Spanic. As duas personagens são distintas, onde uma é boa e a outra é a grande vilã da trama, numa narrativa semelhante a Ruth e Raquel, interpretadas por Glória Pires em “Mulheres de Areia” (1993) da Globo.

Veja também

Velha conhecida dos brasileiros, só no SBT, “A Usurpadora”, já foi exibida sete vezes. Ela foi produzida para o Canal de las Estrelas em 1998 e também integram o elenco Chantal Andere, Dominika Paleta, Libertad Lamarque, Juan Pablo Gamboa entre outros, além do casal amado pelos fãs Fernando Colunga e Gabriela Spanic.

HISTÓRIA

Paola e Paulina foram separadas ainda crianças e nunca nenhuma soube da existência da outra. A vilã conseguiu ser adotada por uma família rica, já a mocinha de “A Usurpadora”, viveu ao lado da mãe uma vida simples.

Na alta sociedade, Paola conheceu Carlos Daniel (Fernando Colunga), com quem veio a se casar pouco depois. Porém, rapidamente enjoou do relacionamento, mas se negou a se divorciar para manter o status e também se aproveitando do amor cego do marido. Ela possui vários amantes na trama e em uma viagem com um de seus amigos íntimos, Luciano (Mario Cimarro), ela conhece a irmã gêmea.

Disposta a se divertir por um período longo e não ter que voltar a sua vida entediante ao lado de Carlos Daniel, Paola obriga a irmã boa a se passar por ela durante um ano. Obviamente, Paulina não aceita a proposta, mas se torna vítima de uma emboscada da irmã perversa e é obrigada a usurpar o seu lugar. A mãe da protagonista de “A Usurpadora”, acaba morrendo e ela também descobre que o seu namorado a abandonou, sem alternativas ela aceita a manobra arriscada.

Com o tempo, Paulina aprende os trejeitos elegantes da irmã rica. Também se apaixona perdidamente por Carlos Daniel. Só que Paola se cansa da vida de viagens e volta disposta a tomar o que é seu. Nessa altura do campeonato, a mocinha já promoveu uma verdadeira revolução, melhorando a vida de todos ao seu redor e irá sofrer muito, inclusive ser presa até o seu grande final feliz.

Paulina (Gabriela Spanic) tomou o lugar da irmã Paola Bracho (Grabiela Spanic) em "A Usurpadora", sucesso de volta no grupo Globo (Foto: Reprodução / Globoplay)
Paulina (Gabriela Spanic) tomou o lugar da irmã Paola Bracho (Grabiela Spanic) em “A Usurpadora”, sucesso de volta no grupo Globo (Foto: Reprodução / Globoplay)

 

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Léo Lins após demissão e confirma ao SBT: "Já era tarde"

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários