Globo

Apresentador da Globo sofre infarto ao vivo, morre no meio do estúdio aos 33 anos e emissora interrompe transmissão

O apresentador Gláucio Gil sofreu infarto ao vivo na Globo (Reprodução)
O apresentador Gláucio Gil sofreu infarto ao vivo na Globo (Reprodução)

Logo no primeiro ano da Globo no ar, em 1965, o apresentador Gláucio Gil, que comandava programa no canal, sofreu infarto e morreu no estúdio

Maior emissora da América Latina, a Globo é líder absoluta de audiência em todo o país e deixa suas principais concorrentes, a Record TV e o SBT no chinelo e muito atrás na segunda e terceira posição, respectivamente. O que poucos sabem, porém, é que, ao longo de sua história, a emissora carioca já teve algumas situações bastante chocantes, como quando o apresentador Gláucio Gil sofreu infarto enquanto apresentava programa ao vivo.

O caso aconteceu em 1965, no primeiro ano de existência da Globo enquanto emissora de televisão. Em 13 de agosto de 1965, o apresentador Gláucio Gil, então com 33 anos, começou a passar mal enquanto comandava o programa “Show da Noite”, deitou-se no sofá do estúdio, mas acabou não resistindo e morreu vítima de infarto – as informações são do site “TV História”.

+Wanessa, envolvida em escândalo com Zilu e Zezé, escancara rejeição em público: ‘Eu acreditava’

+Galvão Bueno vê substituto roubar a cena na Globo, divulga vídeo bombástico e dá recado na lata: ‘Tinha certeza’

APRESENTADOR MORREU MORREU NO ESTÚDIO DA GLOBO

O programa “Show da Noite” estreou na televisão brasileira no mesmo ano em que a Globo entrou no ar pela primeira vez. O canal da família Marinho estreou em todo o país no dia 26 de abril de 1965. A atração comandada por Gláucio Gil ia ao ar às 22h30 e tinha duas horas de duração.

Ainda segundo o TV História, a atração de Gláucio Gil era bastante popular no estado do Rio de Janeiro. Após o apresentador passar mal, o “Show da Noite” foi imediatamente tirado do ar. Posteriormente, uma multidão teria ido até os estúdios da emissora carioca no Rio de Janeiro para saber o que havia acontecido com o comunicador.

Um artigo no Jornal do Brasil de 17 de agosto de 1965 escreveu o seguinte: “Estávamos, por volta das 23 horas, assistindo ao Show da Noite, com Gláucio Gil entrevistando os seus convidados, como todas as noites, irradiando a sua simpatia tão pessoal, o seu estilo tão inimitável, e a sua enorme vitalidade, que tanto impressionava. No meio do programa, resolvemos mudar de canal, para assistir a um programa de noticiário. Poucos minutos depois, ainda dentro do noticiário, soubemos que, ao girar o botão do nosso receptor, havíamos nos despedido para sempre de Gláucio Gil”.

+Neto revela doença terrível, choca com demissão em público, pressão é exposta e ele desaba: ‘Não merecia isso’

LIDERANÇA

Desde o trágico episódio que culminou na morte de Gláucio Gil vitimado por um infarto, a Globo cresceu em audiência em todo o país e se tornou uma grande organização que domina vários setores de mídia: desde a televisão, passando por rádio, impresso e internet. Atualmente, o canal se encontra em uma nova fase com cortes de custos e dispensa de grandes nomes da dramaturgia, que fizeram história na empresa, como, por exemplo, Glória Menezes e Tarcísio Meira, dispensados após mais de 50 anos de parceria.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco