Emissoras Notícias da Televisão Porto Alegre Regionais SBT

Apresentadora demitida pelo SBT depois de sete anos quebra o silêncio: “Chorei tanto”

Débora de Oliveira foi demitida após sete anos na emissora de Silvio Santos (foto: reprodução/SBT)
Débora de Oliveira foi demitida após sete anos na emissora de Silvio Santos (foto: reprodução/SBT)

Demitida pela rede de Silvio Santos de forma inesperada, a jornalista decidiu quebrar o silêncio e desabafou

A jornalista Débora de Oliveira foi demitida pelo SBT do Rio Grande do Sul nesta semana, após sete anos como apresentadora do programa de esporte que a emissora veiculava na parte da tarde. O motivo? Ela “não era compatível” com a nova estratégia de programação que a rede adotará.

Danilo Teixeira, diretor de Jornalismo regional, justificou que a demissão de Débora de Oliveira da emissora de Silvio Santos não foi provocada por corte de gastos, e prometeu que o SBT Esporte teria um novo apresentador contratado. Provisoriamente, a atração está sob o comando do repórter Jeremias Werneck.

O provável novo contratado do SBT, porém, não terá um programa para chamar de seu. A emissora irá ampliar o espaço do SBT Rio Grande, seu telejornal local da tarde, na programação e as manchetes esportivas passarão a compor o noticiário, deixando de ter espaço independente.

Débora de Oliveira, ainda sem um destino profissional definido, desabafou sobre a sua inesperada demissão em duas publicações feitas no seu perfil oficial no Instagram. “Chorei tanto que cheguei a ter dor de cabeça”, afirmou a loira em parte do seu desabafo.

Débora de Oliveira posa no estúdio do SBT Esporte (foto: divulgação)
Débora de Oliveira posa no estúdio do SBT Esporte (foto: divulgação)

Desabafo emocionante

Na outra publicação, a jornalista afirma que “fez história em uma emissora que nunca teve o esporte como carro-chefe” e revela que o SBT lhe “deu amigos, uma família e um time de amor que jogou junto desde 2013 até o apito final”. Confira a íntegra do desabafo feito por Débora de Oliveira:

“ME DESPEÇO SORRINDO PORQUE SEMPRE FUI FELIZ NO CAMPINHO… Um programa que ajudei a criar, desenvolver, fortalecer, fazer história em uma emissora que nunca teve o esporte como carro-chefe.  Um programa que me fez me aproximar de famílias e crianças, com uma linguagem mais fácil de falar de esporte, do jeito que todo mundo em casa pudesse entender e torcer.

Um programa que me presenteou com o desafio de me reinventar enquanto jornalista que sempre foi “boleirona” para falar de futebol, mas que precisava ser entendida por um público que ainda deveria ser conquistado, mostrando o lado bom do time do coração, sem tantas cobranças.

Um programa que me ofereceu o maior desafio da minha vida pessoal e profissional, ao perder meu querido e eterno companheiro Vidarte (que morreu praticamente ao meu lado e me deixou traumas emocionais que driblo até hoje) mas que ainda assim me deu a certeza de ter forças para seguir o jogo… por mim e por ele.

Mas não foi só o Campinho. O SBT RS me deu amigos, me deu uma família, me deu um time de amor que jogou junto comigo desde julho de 2013, até hoje, no apito final. Eu saio de cabeça erguida, com a certeza de que me dediquei com o máximo que meu coração poderia fazer. Deixei meus colegas aos prantos, e as lágrimas de cada um me doeram tanto quanto não ter dado tchau ao público que me assistia.

Cada abraço era a certeza de que joguei certinho, e que ficarei eternizada no coração de quem vestiu a camisa junto comigo. A bola está no círculo central do gramado novamente. Recomeçar é a arte de quem joga para vencer, mesmo diante dos maiores adversários. E eu sei que minha torcida é forte, vibrante e verdadeira”.

Barracos, traição e muita fofoca ao vivo no canal do TV FOCO no YOUTUBE. INSCREVA-SE

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Félix Almeida

Jornalista especializado na cobertura de entretenimento, com ênfase em notícias sobre os bastidores da televisão e celebridades.