Celebridades

BBB22Celebridades

Mesmo campeão do BBB22, Arthur Aguiar cobra três vezes a menos que Juliette Freire da edição anterior

Arthur Aguiar, mesmo vencendo o BBB22, tem menos engajamento que Juliette Freire
Arthur Aguiar, mesmo vencendo o BBB22, tem menos engajamento que Juliette Freire (Montagem)

Arthur Aguiar cobra três vezes menos que Juliette Freire para anunciar em suas redes sociais, aponta colunista

O BBB22 pode ter terminado há algumas semanas, mas ficam os reflexos da importância do reality show e seus participantes na mídia. No caso, Arthur Aguiar, o grande campeão da edição deste ano, na Globo.

O sucesso do BBB21, no ano passado, refletiu muito na expectativa que o público esperava na edição do programa neste ano. Com elenco morno e um vitória questionável pela maioria do público, há uma diferença berrante entre Juliette Freire, vencedora do ano passado, comparado a Arthur Aguiar, o campeão deste ano.

Mesmo com a ‘padaria’ (fãs de Arthur Aguiar) em alta nas redes sociais, demonstrando que ele ainda é um grande favorito, os telespectadores do BBB22, em sua maioria, não torciam pelo rapaz. Ao invés de conquistar simpatia, o artista que entrou na edição ‘cancelado’ por conta de traições à esposa, terminou por vencedor, mas ainda assim, não conquistou o afeto esperado por grande parte do público.

Na verdade, Arthur Aguiar não conseguiu conquistar nem os anunciantes, patrocinadores ou trabalhos necessários para manter a sua postura esperada de um verdadeiro campeão. Acontece que muitas empresas não acreditam que a imagem dele seja boa para ser associada às marcas.

+Demissão da Record: Fabíola Reipert é envolvida em demissão e substituta expõe emissora: “Detonou”

Veja também

No entanto, bem diferente do rapaz, Juliette Freire saiu campeã do BBB21 e conquistou centenas de contratos de trabalho e ganhando cachês altíssimos. De acordo com o colunista Lucas Pasin, do site Splash, do portal UOL, Arthur Aguiar lucra três ou até quatro vezes menos em publicidade e propaganda comparado à Juliette Freire.

Arthur Aguiar, segundo o colunista, pede em média R$ 30 mil reais pela sequência de três Stories de anúncios em suas redes sociais. Para publicação de marca e propaganda em fotos ou vídeo em seu feed de notícias, o preço do anúncio beira a casa dos R$ 100 mil reais.

Arthur Aguiar tambem foi duramente criticado nos últimas dias por realizar sorteios de celulares da marca iPhone. Caso o ex-BBB22 faça propaganda de grandes marcas, com direito a publicação no feed, vídeos nos Stories e muito mais, o valor pode bater a casa dos R$ 200 mil reais, já que ele tem 14 milhões de seguidores.

Comparado à Juliette Freire, que chegou vender sequências de três Stories em seu Instagram por R$ 120 mil reais, além de ser a garota propaganda de diversas marcas importantes no ano passado, bem diferenre de Arthur, as publicações no feed de notícias de seu Instagram custam, em média, R$ 500 mil reais.

Comparativo de seguidores de Juliette Freire (BBB21) com Arthur Aguiar (BBB22)
Comparativo de seguidores de Juliette Freire (BBB21) com Arthur Aguiar (BBB22) – Reprodução/ Instagram

+A fim de evitar desententimentos enquanto casada, Wanessa Camargo teria recusado oferta de participar do BBB

ENGAJAMENTO

Mas também devemos lembrar que Juliette Freire, ao deixar o BBB21 como campeã, tinha 25 milhões de seguidores, muito mais que os 14 milhões de Arthur. Atualmente, ela conta com mais que o dobro de seguidores do ex-Rebelde. A paraibana já bateu a casa de 33,7 milhões de internautas seguindo ela. 

Ainda de acordo com o colunista do Splash, as grandes marcas patrocinadoras do BBB22 podem usar o engajamento de Paulo André, o vice-colocado da edição, por ter mais apelo comercial e carisma que o vencedor da edição. Enquanto nada acontece, resta especular e aguardar para ver o desdobramento dessa história.

VÍDEO YOUTUBE: Expulsão no Power Couple: Agressão, barraco e dedo na cara com segurança na Record

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários