Especiais

EspeciaisMais destaques

Artistas da Globo e Record vão parar em delegacia após confusão com drogas

Globo x Record (Foto: Reprodução)
Globo x Record (Foto: Reprodução)
Ator deixa a delegacia nesta manhã após ser autuado (Foto: David Irikura/TV Globo)
Fábio se envolveu polêmica no início do ano.
(Foto: David Irikura/TV Globo)

Confusões, mal entendidos e polêmicas, muitas vezes cercam os artistas das grandes emissoras, principalmente os da Record e Globo. Em certas ocasiões, alguns deles são obrigados a irem até a delegacia prestar explicações para as autoridades sobre flagrantes. Nos Estados Unidos parece comum ver estrelas sendo fichadas por posse de drogas, por dirigirem alcoolizadas, ou ainda por se meterem em brigas. No Brasil, esses casos parecem não ser comuns, mas o TV Foco listou alguns casos polêmicos que tiveram que ser esclarecidos em um Distrito Policial:

Marina Ruy Barbosa decide pintar o cabelo na Globo após O Sétimo Guardião e define sua personagem: “Estranha”

O caso mais recente foi com a atriz contratada da Record. Em outubro deste ano, a atriz foi abordada na Auto Estrada Lagoa da Barra no Rio de Janeiro numa blitz. Ela estava acompanhada pelo participante de reality show “The Voice Portugal” Tiago Nacarato. Após revista no carro e seus ocupantes, foram encontrados dois cigarros de maconha com 8g da erva. Os dois artistas foram encaminhados para a delegacia do Leblon, onde prestaram esclarecimento e liberados posteriormente. A informação foi dada pelo colunista Leo Dias.

Maytê Piragibe, campeã do “Dancing Brasil”, no ano passado
(Foto: Reprodução/Instagram/@maytepiragibe)

Luciana Gimenez não aparece em gravação da RedeTV e evita encontrar com Marcelo de Carvalho

Programa Encontro critica o sexo masculino e homens se revoltam

Veja também

 

Fábio Assunção na saída da delegacia paulistana (Foto: David Irikura/TV Globo)

Outro ator que já foi para na delegacia, e neste caso preso, foi Fábio Assunção. Em junho do ano passado, após uma confusão com os populares da cidade de Arcoverde, Pernambuco, onde estava de passagem para a divulgação de um documentário: Eu sonho para você ver. Fábio excedeu na bebida e após uma briga, acabou sendo preso por desacato a autoridade. O ator, que em suas últimas entrevistas fala claramente sobre a luta contra o vício das drogas, também foi parar em uma delegacia, só que agora em São Paulo, em maio desse ano. Diferente do primeiro fato, dessa vez, Fábio acabou se envolvendo em uma batida com três carros. Apesar do acidente não ter vítimas, o delegado do caso acabou atribuindo uma fiança de R$30 mil reais, contestada pelo ator e seu advogado. Fábio Assunção está em cartaz no RJ com a peça “Dogville”, do diretor Zé Henrique de Paula, e em janeiro chega à SP.

O ex polegar e atual peão do reality “A Fazenda 10”, Rafael Ilha também já foi parar na delegacia após uma confusão. Em setembro de 98, o músico acabou se envolvendo em um caso polêmico: foi preso em flagrante por tentar roubar um vale-transporte e R$ 1 de uma balconista. Rafael, na época, ainda era dependente químico e não tinha passado por nenhum tratamento efetivo contra seu vício. Hoje, o cantor fala abertamente sobre seu passado com as drogas e é enfático: “A coisa que eu mais me arrependo na vida foi o tempo que eu perdi com as drogas”.

Rafael Ilha (Foto: Reprodução)
Rafael Ilha (Foto: Reprodução)

Maisa se pronuncia pela 1ª vez após ser chamada de ‘bostinha’ por Raul Gil

+ Ex-motorista da Record resolve falar, diz se quer dinheiro de Geraldo Luís e dispara: “Vai ser punido criminalmente”

Outro que foi pego em uma blitz foi Dado Dolabella. Em setembro de 2010, o ator andava em um carro com os vidros escuros na Lagoa, Zona Sul do Rio, e acabou parado por alguns policiais. Foi encontrado uma substância que seria maconha e que enchia dois terços de uma embalagem de Vitamina C. Dado e seus amigos foram encaminhados para a mesma delegacia do Leblon, a qual anos mais tarde, a atriz Maytê Piragibe foi levada, também para esclarecimentos. Poucos dias antes desse episódio, Dado havia sido parado em uma blitz da lei seca, na qual tinha se recusado a fazer o teste do bafômetro. Hoje, adepto ao veganismo, o ator leva um ritmo de vida bem mais saudável e já deu entrevistas culpando o excesso de carne para seus impulsos violentos: “Assumo toda e qualquer culpa por todos os meus atos impulsivos e reativos no passado, vou viver o resto da vida limpo de crueldade nas minhas veias. Perdão. Hoje acredito na vibração positiva. Acredito na vida. #GoVegan”, declara o ator.

Em 2004, o ator Marcelo Anthony também chegou a ser preso em flagrante comprando maconha em Porto Alegre. Na época, o ator estava no Sul rodando um curta-metragem. O Juiz plantonista do Judiciário de Porto Alegre, acabou decidindo libera-lo por julgar que ele não se enquadrava como traficante. O ator acabou passando a madrugada na prisão. Anos mais tarde, em 2009, Marcelo deu uma declaração à revista “Quem”: “Aconteceu. Como não me manifestei na época, deixei que as pessoas pensassem o que quisessem. Foi duro me ver na capa de uma revista sendo praticamente tratado como o causador do tráfico e da violência, além de ser mencionado durante uma semana no ‘Jornal Nacional’, em que faziam questão de enfatizar a palavra maconha. Mas foi bom porque eu cresci. Estava no fundo do poço, não tinha para onde ir. O chão onde estava me serviu como mola para eu ir lá para cima e ver tudo com clareza”, lembra. Atualmente o ator Marcelo Antony está morando em Portugal com sua esposa Carola Villar, e com três dos seus cinco filhos. Ele esta gravando a novela “Valor da Vida” da emissora portuguesa TVI.

Dado Dolabella (Foto: Reprodução)
Dado Dolabella (Foto: Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários