Celebridades

Ator acusado de simular ataque racista é solto após pagar fiança, mas acaba cortado de série

Jussie Smollett não aparecerá nos dois últimos episódios da atual temporada de Empire. (Foto: Divulgação)
Jussie Smollett não aparecerá nos dois últimos episódios da atual temporada da série Empire. (Foto: Divulgação)

Conforme informamos, o ator Jussie Smollett, de Empire, uma das séries de maior audiência nos Estados Unidos, foi preso ontem (21), acusado de forjar um ataque racista contra si mesmo e de ter feito uma falsa denúncia a partir do caso.

Tudo começou no final do mês passado, quando Smollett foi encaminhado a um hospital com uma costela fraturada e disse as autoridades que foi agredido por dois homens brancos, que lhe xingaram com palavras de cunho racista e homofóbico e chegaram a jogar água sanitária sobre ele.

Porém, durante as investigações, começaram a surgir informações através da mídia de que o ator teria simulado todo o ocorrido. As suspeitas maiores vieram quando dois homens presos pela agressão, que teriam até trabalhado como figurantes em Empire, confessaram que Smollett pagou para que eles realizassem o ataque.

O ator passou pouco tempo sob custódia, mas teve que pagar uma fiança de US$ 100 mil para ser libertado — ele ainda será julgado e poderá passar até três anos na cadeia. Smollett também será cortado dos dois últimos episódios da quinta temporada de Empire.

+ Após ex-funcionário da Globo denunciar “festa privê” de famosos em Noronha, público se “sensibiliza” com Cleo

+ Após polêmica, Lívia Andrade rebate título de “amante” e apresenta o marido ao vivo no Fofocalizando do SBT

A informação do corte do ator foi confirmada através de um comunicado divulgado pela Fox e pelos produtores da série nesta sexta-feira (22): “Os eventos das últimas semanas foram muito emocionais para todos nós. Jussie tem sido um membro importante da família Empire nos últimos cinco anos e o amamos profundamente. Enquanto essas alegações são perturbadoras, confiamos no sistema legal durante esse processo. Estamos ciente do efeito que tal situação terá no elenco e na equipe da nossa série. Para evitar maiores problemas no set, decidimos remover o personagem Jamal dos dois episódios finais da temporada”.

Segundo informações do site TMZ, Smollett chegou a visitar o set de Empire após a prisão, e pediu desculpas ao elenco pela exposição, mas insistiu que é inocente. “Eu sinto muito tê-los colocado nessa situação e não respondido suas ligações. Eu queria pedir desculpas e, vocês me conhecem, eu jamais faria isso com vocês, vocês são minha família. Eu juro por Deus, eu não fiz isso”, teria dito o ator, causando comoção entre os colegas. Apesar de ainda receber apoio de boa parte do elenco e dos produtores, Smollett corre o risco de ser demitido pela Fox.

Vale lembrar que diante da repercussão, até o presidente Donald Trump chegou a comentar a prisão de Smollett, uma vez que o ator declarou as autoridades que os seus agressores teriam gritado um slogan usado pelo presidente logo após o ataque. “Jussie Smollett, e quanto ao ‘MAGA’ e as dezenas de milhões de pessoas que você insultou com seus comentários racistas e perigosos?”, escreveu o presidente nas redes sociais.

A sigla MAGA é uma referência ao slogan ‘Make America Great Again’ (‘Faça a América Grande de Novo’), utilizado durante a campanha presidencial de Trump.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Renan Santos

Atuando também como roteirista de TV e cinema, Renan é redator e colunista do TV FOCO desde 2014, noticiando e criticando o mirabolante e imprevisível universo televisivo e dos famosos.