Celebridades

Ator da Record, Sérgio Marone defende liberdade artística em caso polêmico

Sérgio Marone (Foto: Reprodução)

Há algumas semanas, uma polêmica tomou conta do país, quando o Museu de Arte Moderna (MAM), no Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo, foi palco de uma performance de um artista sem roupa, que foi tocado por uma criança de, aproximadamente, quatro anos de idade. O vídeo desse momento revoltou muita gente nas redes sociais. No entanto, atores como Sérgio Marone saíram em defesa do espetáculo, com alguns esclarecimentos.

Enquanto Movimento Brasil Livre (MBL) e outros movimentos de direita alegam que o vídeo configura o crime de pedofilia, no entanto, os que defendem a liberdade artística afirmam que havia sinalização sobre a nudez na sala onde a performance ocorria. A presença da criança, portanto, era de responsabilidade dos pais, que a permitiram estar ali. Marone, que é contratado da Record, escreveu um texto com um grande desabafo.

O MBL afirma que a apresentação é “repugnante”, “inaceitável”, “erotização infantil”, “afronta”, “crime”, mas Sérgio discorda de tudo isso, afirmando: “Eu também não iria a essa exposição. Mas soube que o museu alertou os pais que havia nú na performance artística. Eu acho que ela poder existir é importante, porque garantimos a liberdade de expressão artística. E devido a esse caso específico levantou uma série de questões”.

Vestido de Bruna Marquezine, que foi duramente criticado no casamento de Marina Ruy Barbosa, custou caro

“Vamos pensar juntos, mesmo que de maneiras diferentes. Imagina que chato seria se todo mundo pensasse igual?”, disse ainda, enumerando os seguintes fatores:

1- A CRIANÇA ERA EXPECTADORA, não fazia parte da obra. Estava acompanhada dos pais e tocou o homem nú por livre e espontânea vontade. Será que isso configura pedofilia? Busquemos no ECA a definição de pedofilia, por favor.

2- Assim como nós temos o direito de achar isso errado, eles não teriam o direito de educar sua filha da maneira que quiserem (DESDE QUE RESPEITANDO O ECA!)? Ao meu ver aqueles decidiram tratar esse tema com naturalidade, simples assim.

3- E a liberdade do indivíduo escolher a educação que quer dar ao filho? Deve a sociedade ou o estado interferir na educação que o indivíduo resolve dar ao seu filho? CLARO QUE DESDE QUE RESPEITE O ECA.

4- Você acha mesmo que estamos defendendo a pedofilia? Quem defende a pedofilia irmao(a)? Precisamos discutir sem ódio, com mais amor (emoji de coração) e respeito a opiniões diversas. Deus é amor e amor é ação, generosidade, inclusive respeitando opiniões contrárias às nossas.

5- Defendemos a liberdade da expressão artística, de colocar um homem nú em um ambiente fechado e determinada situação e considerar isso ARTE. Tanto é arte essa instalação, graças a imagem dessa “expectadora inadequada” interagindo com a obra ter bombado nas redes sociais, levantou todas essas questões num âmbito nacional.

6- A arte deve refletir tudo de melhor e pior do ser humano, das nossas culturas, tradições e comportamentos, do mundo em geral. Ela existe para que a gente reflita e dialogue, com amor e respeito, sem ódio ou julgamento!!

Vamos voltar a nos divertir com as diferenças”.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Lucas Medeiros

Twitter: @luccasmeddeiros
Contato: lucasmedeirospaiva@gmail.com