Celebridades

Em áudio estarrecedor, filho do goleiro Bruno expõe medo do próprio pai após assassinato brutal e exige prisão perpétua

Goleiro Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, mãe de seu filho, Bruninho (Reprodução)
Goleiro Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, mãe de seu filho, Bruninho (Reprodução)

Segundo site, Bruninho, filho do goleiro Bruno com a modelo Eliza Samudio, morta em 2010, ele deseja prisão perpétua para o futebolista

Ex-ídolo da torcida do Flamengo, time de futebol do Rio de Janeiro, o goleiro Bruno Fernandes continua marcado em todo o país por causa do brutal assassinato da modelo Eliza Samudio, mãe de Bruninho Samudio, filho dela com o atleta – o corpo da vítima, que foi morta em junho de 2010, não foi encontrado ainda hoje.

O filho de Eliza Samudio e Bruno Fernandes, deseja a prisão perpétua do pai, segundo reportagem do site “Contil Net”. Segundo o noticioso, em áudio estarrecedor enviado pelo adolescente, ele demonstrar sentir medo do goleiro e diz que é uma “sacanagem” tirar a vida de outra pessoa.

+Plantão da Globo urgente! Maju e Bonner param o Brasil, invadem a Globo e anunciam: ‘Monstruoso’ 

+Ousado! Whindersson Nunes empina a bunda avantajada e fica de 4 para gostosão: ‘Entrando’ 

“No mínimo ele deveria ficar em prisão perpétua, porque eu acho uma sacanagem tirar a vida de um ser humano. Não existe nenhum motivo que explique isso. Nenhum”, afirma o filho do goleiro.

Ainda de acordo com o “Contil Net”, em outro áudio do adolescente, enviado ao noticioso mãe de Eliza Samudio, Sônia da Silva Moura, de 55 anos, Bruninho diz que “infelizmente ele [Bruno Fernandes] é uma ameaça para a sociedade e eu me sinto muito ameaçado com isso”. Ouça:

https://www.youtube.com/watch?v=spUYm_kqzEw&feature=emb_title

GOLEIRO BRUNO

Em junho de 2020 fez 10 anos do brutal assassinato de Eliza Samudio, ex-namorada e mãe de um dos filhos do goleiro Bruno. A modelo foi morta por esganadura na rua Araruama, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, segundo informações oficiais.

Conforme a Justiça, a modelo foi leva à força, em 2010, por Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, amigo do goleiro, para um sítio do atleta em solo mineiro. Lá, ela foi mantida em cárcere privado e, depois, morta.

Em 2013, o goleiro Bruno foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, e também pelo sequestro e cárcere privado do próprio filho, Bruninho. Hoje, o futebolista cumpre prisão domiciliar e tenta retornar aos gramados, mas sem conseguir muito êxito. Após ter sido anunciado em alguns clubes, os times acabaram abrindo mão do jogador por causa da repercussão negativa.

Goleiro Bruno em canil (Foto: Reprodução/Instagram)
Goleiro Bruno em canil (Foto: Reprodução/Instagram)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco