Globo

Autora de Os Dias Eram Assim tenta emplacar nova novela na Globo

Alessandra Poggi tenta emplacar novo projeto na Globo. (Foto: Divulgação)
Autora de Os Dias Eram Assim, Alessandra Poggi tenta emplacar novo projeto na Globo. (Foto: Divulgação)

Estreante como autora titular ao lado de Angela Chaves em Os Dias Eram Assim, supersérie que foi ao ar em 2017, Alessandra Poggi agora tenta emplacar outro projeto na Globo.

Depois de ver a colega encarregada de realizar a adaptação de Éramos Seis, que irá ao ar na emissora carioca ainda este ano, Alessandra apresentou uma nova sinopse também para a faixa das 18h.

O curioso é que esse horário parece mesmo ser um desejo antigo das autoras. Os Dias Eram Assim, por exemplo, seria inicialmente um projeto de novela das seis, mas acabou sendo remanejada para a faixa das 23h por ordens de Silvio de Abreu.

A nova sinopse de Alessandra está sendo agora analisada pelo departamento de dramaturgia da Globo, mas vale dizer que a fila de produções para a faixa das 18h já está definida até o final de 2020: Espelho da Vida será sucedida por Órfãos da Terra, de Thelma Guedes e Duca Rachid. Na sequência, virá Éramos Seis, de Angela Chaves; depois, Nos Tempos do Imperador (continuação de Novo Mundo), escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson. Por fim, é provável que ainda seja produzida O Arroz de Palma, de Edmara Barbosa, projeto que vem sendo adiado há um bom tempo.

Ex-apresentadora do Vídeo Show é demitida e assina contrato com outra emissora

Famoso assume casamento com prefeito de São Paulo e solta o verbo sobre preconceito

Porém, nos últimos anos a Globo vem realizando diversas alterações inesperadas na fila dos seus próximos folhetins, e por isso, a previsão de estreia de Alessandra, caso seu projeto seja aprovado, torna-se incerta. Órfãos da Terra, a nova novela do horário, por exemplo, já foi adiada e remanejada para outros horários algumas vezes até ser definida como a próxima produção da faixa.

PRÊMIO NÃO É GARANTIA

Uma estreia bem-sucedida não parece ser garantia para que autores consigam emplacar uma sequência de trabalho como titulares na Globo. É o caso de Claudia Lage. Logo em seu debute na emissora, ela recebeu o Emmy Internacional de melhor telenovela por Lado a Lado (2012/2013), trama que assinou em parceria com João Ximenes Braga. Com isso, a roteirista tinha tudo para trilhar um caminho de sucesso na emissora carioca, mas não foi o que ocorreu.

Lage não conseguiu emplacar novos projetos na Globo após o fim de Lado a Lado, mas não foi por falta de tentativas. Em 2016, a autora chegou a entregar uma nova sinopse de folhetim para a faixa das 18h, mas o projeto acabou sendo reprovado por Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da emissora.
Sem novas oportunidades na televisão, a autora decidiu investir na realização de um curso sobre a criação de novelas. Segundo informações do jornal Extra, Lage vai ministrar a oficina “O Roteiro de Novela Prática”, no Instituto Estação das Letras, no Rio de Janeiro. “O grupo funcionará como uma sala de roteirista, os alunos vão experimentar na prática o processo criativo de uma novela e de uma série de TV”, declarou a novelista.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;