Celebridades

Celebridades

“Babilônia”: Beatriz é presa por tentativa de homicídio

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Depois de tentar matar Inês (Adriana Esteves) durante uma emboscada, a polícia irá até a casa de Beatriz (Gloria Pires) com um mandado de busca e apreensão nos próximos capítulos de “Babilônia”. Os agentes encontrarão uma arma no apartamento dela e vão detê-la para averiguação.

“Eu tenho certeza de que deve estar havendo algum engano. Eu vou chegar com o senhor na delegacia, nós vamos constatar que foi um equívoco e eu vou ser liberada. Não é melhor resolver as coisas por aqui mesmo? Entre nós?”, diz a vilã antes de ser levada.  “Se a senhora fizer qualquer insinuação de suborno…”, corta o policial.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
“Eu jamais pensaria que o senhor seria capaz disso. Só quero que o senhor entenda que eu colaborei com essa busca na minha casa. Eu sou uma mulher muito colaboradora”, rebate Beatriz. O agente se afasta e avisa que eles precisam ir para a delegacia, mas a vilã não desiste.
“Eu tô prestativa com a polícia, mas não confunda a situação: a vítima aqui sou eu! Se a minha advogada morreu num assalto, quem foi roubada fui eu. O dinheiro era da minha empresa!”, explicará.

“A senhora tá enganada. Não deve ter lido direito o mandado. Não é latrocínio, é tentativa de homicídio”, esclarecerá o policial. “Homicídio? Como assim?”, perguntará a mulher de Evandro (Cássio Gabus Mendes), supresa. “A doutora Inês sobreviveu. É ela quem tá acusando a senhora”, dirá.

VÍDEO YOUTUBE: Ana Maria se revolta ao saber que será trocada na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários